Home>BIRD Magazine>DIVULGADO O PRIMEIRO VÍDEO DE UM RAPTO EM MOÇAMBIQUE
BIRD Magazine

DIVULGADO O PRIMEIRO VÍDEO DE UM RAPTO EM MOÇAMBIQUE

Um vídeo divulgado pelo jornal moçambicano @verdade mostra imagens de um rapto em Maputo e revela que a portuguesa raptada esta terça-feira foi arrastada pelos cabelos para fora da empresa onde estava a trabalhar. As imagens são das câmaras de videovigilância de uma loja de material elétrico.

O vídeo colocado no Youtube mostra o momento em que um empresário muçulmano é levado, no dia 26 de outubro, por um grupo de homens.

Devido à onda de raptos, vários membros da comunidade indiana e até moçambicanos estão a deixar o país. Foi o caso de R. Rafik, de 36 anos, raptada no dia 24 de outubro quando chegava ao local de trabalho, no bairro do Malanga, em Maputo. A mulher conseguiu fugir do cativeiro quatro dias depois. Segundo apurou o JN, quando R. Rafik foi à esquadra apresentar queixa conseguiu reconhecer dois dos seus raptores. Entretanto, por razões de segurança, decidiu abandonar o país.
Esta quarta-feira, segundo o Jornal de Notícias de Moçambique, a Polícia anunciou ter detido mais dois homens, de 24 e 28 anos, implicados no seu rapto. Na semana passada, 10 pessoas – incluindo três agentes da Polícia – foram condenadas a penas de prisão pelo crime de sequestro.

Face ao acontecido, dezenas de crianças de famílias portuguesas já saíram de Moçambique, como disse ao PÚBLICO esta semana o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário. A diretora da Escola Portuguesa em Maputo também afirmou à Lusa que, desde Setembro, 40 crianças deixaram a escola, que tem 1600 alunos de 14 nacionalidades. Outras crianças e adolescentes terão deixado de frequentar outras escolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.