Home>BIRD Magazine>RESULTADOS DO PISA COLOCAM PORTUGAL LIGEIRAMENTE ABAIXO DA MÉDIA
BIRD Magazine

RESULTADOS DO PISA COLOCAM PORTUGAL LIGEIRAMENTE ABAIXO DA MÉDIA

Relatório do PISA 2012 intitulado: What 15-year-olds Know and what they can do with what they know
D.R.: OCDE

De três em três anos a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) avalia o estado da literacia dos alunos de 15 anos, em três áreas-chave : Ciências, Matemática e Leitura. Os últimos resultados desta avaliação foram divulgados ontem, dia 03 de dezembro, e trazem boas notícias para Portugal.
No ranking dos melhores resultados da OCDE, o primeiro lugar pertence à Coreia (554 pontos), o segundo ao Japão (536) e o terceiro à Suíça (531). Portugal está em 23.º, com 487 pontos, e aproximou-se da média da OCDE (fica a sete pontos desta quando, em 2009, estava a nove).
A OCDE refere que Portugal é um dos países que conseguiram, simultaneamente, duas coisas: reduzir o universo dos alunos que se saem muito mal neste tipo de testes de literacia e aumentar o número dos jovens que se destacam muito pelo positiva (os chamados “top performers”).
No total, foram avaliados 510 mil alunos dos 28 milhões de jovens de 15 anos que frequentam as escolas dos 65 países analisados. Só em Portugal participaram 5700.
O principal objetivo do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) é: avaliar a forma como os alunos de 15 anos aplicam conhecimentos e competências de Matemática, Leitura e Ciências quando identificam, interpretam e resolvem problemas que os colocam perante situações da “vida real”.
No relatório a OCDE faz uma leitura dos dados a longo prazo. Na matemática, os resultados dos alunos lusos deram um salto entre 2006 e 2009, mas três anos depois estagnaram, nos 487 pontos. Na leitura, repete-se o padrão, com a nota do ano passado a fixar-se nos 488 pontos (apenas menos um do que no triénio anterior).
Nas ciências as notas baixaram quatro pontos, para 489. A nota média dos países da OCDE é de 494 (matemática), 496 (leitura) e 501 (ciências).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.