Home>BIRD Magazine>CIRCUNSTÂNCIAS E ROTINAS
BIRD Magazine

CIRCUNSTÂNCIAS E ROTINAS

CLARA CORREIA

Mal Setembro nos sai ao caminho em cada etapa anual na viagem da vida, deparamo-nos, abruptamente quando meio desprevenidos, com a dita “rotina”; esta, antes de o ser já o era … antes de nos habituarmos novamente a ela, já ela se alojou novamente nos nossos dias, nas nossas vidas ditas “quotidianas” (que as férias já se foram, indiferentes à nossa aversão por despedidas). Pois, antes que tenhamos tempo emocional para bem preparar a chegada da bendita rotina, já ela marca presença (forte presença, diga-se) nos nossos horários que, forçadamente planeados e ditados por mil e um (ou mil e dois) compromissos, mal permitem que respiremos entre um e outro, sejam eles profissionais ou familiares. Valha-nos o Santo Protector dos sofredores por antecipação, para nos mostrar uma luzinha de remediação do aparente caos ao fundo do túnel de novas e velhas solicitações e exigências.

Lembramo-nos de que até os bebés precisam de rotinas para se sentirem seguros e se estruturarem … e a seguir invejamo-los por serem eles próprios a defini-las para, em jeito de feliz conclusão, nos apercebermos de que, ao contrário deles, nós temos o poder de não desperdiçarmos oportunidades e de criarmos ocasiões para quebrarmos a rotina ou dela nos evadirmos, mesmo que secretamente (ainda que seja à socapa) … que das suas rotinas quotidianas e dos seus recursos de lazer e prazer, cada um é que sabe!
O fim do Verão acaba com a nossa dormência estival, deliciosamente recordada numa rede de descanso brasileira, algures (mesmo que as férias no Brasil nunca tenham passado de um sonho).
Que a rotina não se fique por um rol de tarefas mas que, sendo produtiva, signifique um conjunto de meios que sirvam os nossos objectivos, sobretudo o de não estagnarmos … que por vezes se atinge com “murros na mesa” ou a “partir a loiça toda” (quem não viu já algo a progredir com uma acção destas?), mas também com a constante auto-consciencialização acerca do que somos acompanhados pelas nossas circunstâncias … e rotinas !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.