Home>BIRD Magazine>PAI-NATAL, AJUDA A PAGAR O BANIF
BIRD Magazine

PAI-NATAL, AJUDA A PAGAR O BANIF

Querido Pai Natal: 

Sim, eu sei. Mais um a escrever-te… 
PAULO SANTOS SILVA
Mas afinal, do que é que te queixas?…
Passas o ano sem fazer nenhum, por isso é bom que faças alguma coisinha por esta altura, quanto mais não seja para combater essa obesidade que vais acumulando ao longo dos restantes 364 dias do ano. Não sei se já te disseram, mas a gordura em excesso traz graves prejuízos para a saúde!
Bem, adiante… De mais a mais, não te escrevo propriamente a pedir muito. Aliás, não te peço muito nem pouco. Não te peço nada. Pelo menos não te peço nada em que tenhas de gastar dinheiro porque os tempos não estão para isso. É que não sei se sabes, mas temos mais um banco para pagar. 
Tu quê???? Ai pagas, pagas que pagamos todos ou achas que és mais do que os outros?… Pensavas que já não tinhas mais nenhum para pagar?… Também eu e mais uns quantos como nós, mas na política como no futebol, o “que hoje é verdade, amanhã é mentira!!!” 
Quem devia pagar a fatura, é quem andou a brincar com o dinheiro dos que lá depositaram as economias de uma vida e de um momento para o outro ficou sem nada?… Olha lá, tu acreditas mesmo no… em ti, não acreditas?!… Já agora e por falar em faturas, já foste ao Portal das Finanças validar as tuas?… Não te esqueças, senão não há benefícios para ninguém…. A comida das renas entra em quê?… Sei lá, deve entrar nas despesas gerais e familiares, digo eu… Isto se o Rodolfo não estiver coletado, claro, porque aí já passa a ser sujeito passivo e não integra o teu agregado familiar.
Olha, não te maço mais. Mais afinal o que é que eu quero?… Simples!!! SAÚDE, PAZ E AMOR. Só?… Só?!… Meu caro e velho amigo gorducho, para mim já chega e sobra. É que eu, também faço as minhas “magias” e tendo estas três coisas na minha vida, eu arranjo tudo o resto! Fica bem, com saúde e continua a espalhar a tua magia e encanto pelas crianças de todo o Mundo!!! 


Do teu eternamente grato Paulo Santos Silva (também honesto e bondoso como o outro, embora orgulhosamente, não sejamos da mesma família…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.