Home>BIRD Magazine>CHUVA, Ó LINDA CHUVA
BIRD Magazine

CHUVA, Ó LINDA CHUVA

DR GOOGLE IMAGE
2016, que será o Ano do Macaco na China, começou com muita chuva. Uns queixam-se dela, outros acalcam-se com ele, até porque as plantações precisavam dela.
À semelhança do sol, a chuva, a neve, são importantes para a biodiversidade. A lareira começa, por estes dias, a ser o ponto de encontro de avós, pais e filhos.
Porém, as imagens dos locais de cheia não deixam de ser impressionantes, sobretudo quando se vê perder o trabalho de uma vida inteira em frações de segundo. A questão é: será a culpa do caudal do rio/mar, que já existe há milénios, ou da construção humana, que nem sempre é pensada da melhor forma, olhando-se apenas para os benefícios, sem colocar na balança os prós e contras?
Assim, é importante ver a chuva não como um estádio depressivo, em que as pessoas ficam retidas em casa, nos trabalhos com mau humor, queixosas, mas como um estádio meteorológico, onde umas boas galochas, uma boa gabardina nos pode tirar desta apatia e nos levar a, quiçá, explorar a natureza. A chuva molha, pois molha, mas chegados a casa um bom banho quente, uma chá de gengibre e vai ver como o seu equilíbrio físico e mental se reestabelece.
Sinta-se bem consigo mesmo (a).
Post scriptum:
Lembro-me dos dias chuvosos na escola, que ainda assim eram dias de alegria: tínhamos que ir esperar o/a professor(a), abriga-lo (a), para que pudesse rumar à sala sem estar molhado. Havia depois dias em que ia mesmo ao carro da professora, porque ela se havia esquecido do guarda-chuva no seu Fiat Cinzento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.