Home>BIRD Magazine>BIRD DESPORTO
BIRD Magazine

BIRD DESPORTO

VASCO VIANA
Liga Portuguesa – Análise da Jornada

A jornada apresentava-se como importante considerando a possibilidade do Sport Lisboa e Benfica perder pontos no seu jogo contra o Sporting Clube de Braga e a difícil deslocação do Sporting Clube de Portugal ao Restelo. Esperava-se ainda que frente ao Tondela o Futebol Clube do Porto tivesse o jogo mais acessível.
Na Luz, o Benfica venceu categoricamente, destacando-se novamente a capacidade de pressão defensiva do seu meio-campo e a elasticidade do seu modelo de jogo alternado um 4x4x2 com um 4x3x3 apoiado na deslocação interior de Pizzi, variando entre a agilidade ofensiva e a rigidez de fixação dos centrais adversários conseguida por Mitroglou. O Braga ilustrou um pouco a linha que separa uma boa equipa de uma grande equipa, revelando dificuldades ao nível da capacidade de passe, receção e de ocupação de espaços que permitem a saída de contextos de pressão defensiva adversária.
Da mesma forma, o Sporting conseguiu anular as transições ofensivas do Belenenses, pressionando ou mostrando que ter bola é a melhor forma de defender. A equipa treinada por Jorge Jesus venceu de forma autoritária, alternando com bastante qualidade a circulação em posse com as acelerações em zona de construção/finalização.
Os atributos indicados a ambas as equipas da segunda circular, são aqueles que certamente mais preocupam José Peseiro. O Futebol Clube do Portodesequilibra-se frequentemente a nível defensivo, devido ao excesso de protagonismo dos seus laterais na manobra ofensiva da equipa procurando compensar um meio-campo de baixa rotação. Os azuis-e-brancos sentem dificuldades em manter a posse de bola. A equipa é lenta e repetitiva na última fase ofensiva do jogo. Os adeptos do FCP castigaram uma época instável com uma reduzida presença no dragão e assobios às prestações da equipa em destaque para a inoperância ofensiva de Brahimi e de Aboubakar. A derrota do FCP afasta possivelmente a equipa do segundo lugar, cimentando a necessidade de ser operada uma nova revolução no plantel após aquela realizada sem sucesso no arranque do legado de Lopetegui.
Destaca-se nas ocorrências de arbitragem o lance do qual resultou o 2 x 0 a favor do Benfica marcado de grande penalidade castigando uma bola-na-mão de um jogador do Braga. Quanto a mim a infração foi mal interpretada pelo juiz da partida tendo em conta que não existiu nem volumetria nem intencionalidade.
Golo de Mitroglou. DR benficaglorioso

Futebol Internacional
Em dia de homenagem ao bailarino Johan Cruyff, o Barça traiu o legado de futebol ofensivo do seu mestre. Após 39 jogos sem perder, jornadas consecutivas com golos do tridente MSN e com Messi à procura do seu golo 500 ao serviço do FCB, o Barcelona não conseguiu acelerar o jogo, dominá-lo com recurso à posse de bola, ou soltar a magia do seu futebol ofensivo. Após um difícil período inicial, o Real Madrid, bem fechado no seu meio-campo defensivo anulando o jogo interior de Iniesta e Messi e os arranques pela ala esquerda de Neymar, começou a sair em transição ofensiva com bastante qualidade, destacando-se a qualidade de progressão em passe e drible de Modric e Marcelo (o melhor médio de transição e lateral esquerdo da atualidade). Com exibições fracas de Alba e Mascherano, a dinâmica ofensiva dos merengues provocou estragos. Cristiano Ronaldo também se destacou com uma boa exibição, pela forma como deu largura ao jogo, atraiu marcações adversárias, colaborou no tampão defensivo efetuado a Daniel Alves, assistiu colegas de equipa e marcou o golo que carimbou a vitória da sua equipa. Neste momento, após o movimento independentista catalão vencer batalhas tais como o fim das touradas na região autónoma ou colocar a votos a sua soberania, CR7 constitui-se talvez como o maior pesadelo culé.
CR7 silencia Camp Nou. DR Jaco & Bina
Topo
A equipa de Andebol do Sport Lisboa e Benfica, após surpreendentemente ganhar os dois primeiros jogos ao Futebol Clube do Porto no playoff da principal competição nacional, sagrou-se vencedora da Taça de Portugal eliminando o FCP e vencendo na final o Sporting Clube de Portugal por um golo após prolongamento. A equipa da Luz surge nesta fase decisiva da época com a capacidade de equilibrar o poderio anterior revelado pelo clube nortenho, após uma fase regular menos afirmativa, a qual levou à necessidade de reforçar a equipa com jogadores brasileiros.
Andebol do Benfica. DR benficaecletico.blogspot

Na ginástica artística, a atleta portuguesa Filipa Martins do Sport Club do Porto obteve 2 medalhas de bronze nas paralelas assimétricas e trave olímpica na Taça do Mundo em Doha (Qatar). A equipa nacional alcançou 7 medalhas no campeonato da Europa de Trampolins em Valladolid (Espanha), destacando-se a medalha de ouro para o atleta português Tiago Romãodo Gimno Crazy Ginásio Clube em Linda-a-Velha na disciplina de duplo minitrampolim.
Exibição na trave olímpica. DR Record
Fundo
Destaca-se pela negativa a semana desportiva nas modalidades do Futebol Clube do Porto. A equipa de Andebol, após perder os dois primeiros jogos da meia-final do playoff da Liga Portuguesa de Andebol frente ao Sport Lisboa e Benfica, foi afastada da disputa pelo título na Taça de Portugal também frente aos rivais encarnados, perdendo todos os jogos mencionados por 1 golo após prolongamento. No Hóquei Patins, foi afastada da Liga Europeia pela União Desportiva Oliveirense, equipa que curiosamente é treinada por Tó Neves, ex treinador do FCP e que integra jogadores que na época transata vestiam de azul e branco, caso de Caio, Pedro Moreira e Ricardo Barreiros. 
FCP perde em Hóquei Patins. DR O Jogo
No âmbito da segurança em eventos desportivos, a semana foi marcada pela morte de um ciclista belga após atropelamento por uma moto da organização que realizava a cobertura televisiva em etapa de clássica gaulesa. O incidente inquietou a comunidade do ciclismo internacional, destacando-se as palavras de Alberto Contador apelando ao aumento da segurança nas competições. Falta saber como! Reduzindo o número de motos as quais contribuem para o sucesso financeiro da modalidade e em consequência das equipas e dos ciclistas? Criando corredores independentes para circulação dos atletas e das motos?
A nível interno registaram-se incidentes no passado sábado (estragos e episódios de violência) na meia-final da Taça de Portugal de Andebol realizada em Almada. No decorrer do jogo entre o Futebol Clube do Porto e o Sport Lisboa e Benfica, adeptos de ambos os clubes envolveram-se em cenas de provocação mútua, violência física e arremesso de cadeiras. Refira-se que, excetuando os jogos entre rivais na modalidade de Futebol onde existe uma intervenção musculada e dispendiosa das forças de segurança, é frequente existirem episódios de violência em jogos afetos às ditas modalidades amadoras. É necessário quanto a mim, melhorar os procedimentos de prevenção nos jogos entre rivais nestas modalidades, ativando planos de segurança mais otimizados envolvendo a Secretaria de Estado do Desporto, as federações e ligas que regulam as modalidades e as forças públicas de segurança.
Ouro
Novak Djokovic venceu este domingo a final do Open de Miami (prestigiado torneio de categoria Master 1000), derrotando por 2 sets a 0 o japonês Kei Nishikori recorrendo, como tem sido habitual, à sua elevada consistência de jogo e poderio físico. O atleta sérvio converte-se assim no maior campeão de torneios ATP Masters 1000 com 28 títulos. Na competição feminina venceu Victoria Azarenka consumando assim a sua fantástica recuperação no ranking WTA com a entrada no Top 10 (a bielorrussa acedeu ao número 5 após iniciar o ano de 2016 no lugar 22). A antiga número 1 mundial, junta-se a Steffi Graf e a Serena Williams no estatuto de únicas vencedoras da dupla de opens de perfil master 1000 realizados nos Estados Unidos da América (Indian Wells e Miami). Após o primeiro trimestre de 2016 ser ocupado por torneios praticados em hardcore (piso sintético), inicia-se a temporada de terra batida com os masters de Monte Carlo, Barcelona, Estoril, Madrid, Roma e Paris. No mundo do ténis é grande a expectativa em verificar a capacidade de Rafael Nadal, o rei do pó de tijolo, alcançar títulos importantes nesta fase seguinte da época e de vencer Djokovic, principalmente no Grande Slam de Roland Garros.

Novak Djokovic no Open de Miami. DR The Guardian
O desportivismo reinante no Barcelona x Real Madrid deve ser enaltecido e considerado pelos dirigentes e adeptos dos três grandes clubes portugueses. Em detrimento que quezílias estéreis e de inflação despropositada de ocorrências de jogo verificada no futebol português, assistimos ao maior duelo desportivo mundial num clima de amor pelo jogo e de responsabilidade. Destaca-se a presença do presidente do Real Madrid na tribuna de honra do Camp Nou junto do homólogo do clube blaugrana e a forma como Gerard Piqué, conhecido pelas suas atitudes anti-madrilistas e pró-independência catalã, analisou o jogo no final do mesmo, referindo a justeza do resultado e a não influência da arbitragem no desfecho final.

Homenagem em Camp Nou. DR Globo Esporte
Curiosidades
Porque não está Iker Casillas no Real Madrid? Bem sei, que os remates são diferentes. Mas…fica o desafio.
Defesa espantosa de Navas no Barcelona x Real Madrid após remate de Messi na grande área a 02 de abril de 2016.
Navas nega golo de Messi. DR Scoopnest
Golo do Tondela marcado no Dragão a 04 de abril de 2016.
Casillas batido. DR Diário de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.