Home>BIRD Magazine>BRANQUEAMENTO DENTÁRIO
BIRD Magazine

BRANQUEAMENTO DENTÁRIO

LARA RIBEIRO
Gostava que os seus dentes fossem mais brancos e até já ouviu dizer que é possível? 
Sim, é possível. O branqueamento dentário é uma técnica que, sem lesar ou desgastar os dentes, torna-os mais claros, devido a um processo de oxidação dos pigmentos dos dentes, segundo o qual o agente/gel branqueador entra na superfície do dente e liberta moléculas que provocam a descoloração.
Normalmente, qualquer pessoa com um bom estado de saúde oral pode efetuar um branqueamento dentário. No entanto, esta decisão exige uma avaliação clínica prévia da condição oral de cada um. A cárie dentária, por exemplo, contraindica este tratamento, assim como outros problemas como a sensibilidade dentária, desgaste do esmalte, entre outros. No entanto, se forem tratadas previamente deixam de ser contraindicações.
A seleção da técnica a ser usada depende essencialmente das condições clínicas de cada paciente, das suas expectativas e da rapidez de resultados de tratamento pretendidos. O médico dentista aconselha sempre o paciente quanto à técnica mais correta e adequada, com base na melhor relação eficácia/segurança.
Podemos branquear os dentes externamente de duas maneiras: Em casa: através da utilização de uma goteira confecionada no consultório dentário, à medida da boca do paciente, onde é colocado o gel, que tem uma duração aproximada de 4 horas. Todos os dias, ou em dias alternados, deve ser colocado mais gel, por um período de 7 a 15 dias.
No consultório: O gel, colocado diretamente sobre a superfície dentária, é ativado com uma luz e cada sessão dura 15 minutos. A quantidade de sessões necessárias varia de pessoa para pessoa.
Embora existam disponíveis no mercado (supermercados, farmácias) produtos de venda livre, publicitados como “branqueadores”, a Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), destaca que: “(…) a segurança na utilização profissional de produtos branqueadores dentários está salvaguardada com a supervisão do médico dentista. Os produtos de venda livre apresentam diferenças substanciais entre si e aqueles de aplicação por profissional, pelo que não permitem, com segurança, afirmar a sua eficácia. Sendo certo que qualquer risco para a saúde oral dos utentes será prevenido, apenas e só, se se optar pela supervisão de um médico dentista”.
O branqueamento dentário é um ato médico que só pode ser realizado por profissionais de saúde oral. Esta restrição é justificada pelos riscos relacionados com a natureza dos produtos branqueadores utilizados e pela condição oral de cada pessoa, que só pode ser avaliada por médicos dentistas.
Se gostava que os seus dentes fossem mais brancos, faça uma avaliação com o seu médico dentista. Questione-o. Só não deixe de sorrir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.