Home>BIRD Magazine>ITÁLIA DOS SANTOS E MILAGREIROS
BIRD Magazine

ITÁLIA DOS SANTOS E MILAGREIROS

CARLA AFONSO
Os dois destinos mais tradicionais na Itália para viajantes interessados no turismo religioso são Roma e Vaticano. Na verdade, estes dois destinos estão entre os mais visitados do mundo.
Entre as igrejas cristãs, a católica, é uma instituição que tem o maior número de fiéis a nível mundial. Muitos representantes e personalidades cristãs deixaram a sua marca de fiéis na Itália, aumentando assim, esse sentimento de pertença a uma crença comum, que guia e acompanha os homens a viver em sociedade, impelidos pelos sentimentos de amor, fraternidade e caridade.
O país oferece um grande número de outras opções para os fiéis interessados em turismo religioso, um grande número de magníficas basílicas, santuários e Igrejas, além de locais significativos para o cristianismo, como o Coliseu onde frequentemente os cristãos eram sacrificados na época do Império Romano.
Cada cidade italiana tem como padroeiro um santo ou uma pessoa importante, deste modo será impossível falar de todas as cidades, por isso nesta crónica vou dedicar a minha atenção a Roma e ao Vaticano.
Em Itália, encontramos o estado mais independente do mundo, o Vaticano, local de moradia do Papa Francisco, é o coração da Igreja Católica e onde está sepultada a maioria dos Papas, a partir de São Pedro, inclusive, os Papas João Paulo II e João XXIII.
O pequeno Estado da Cidade do Vaticano acolhe a cada ano milhões de turistas e peregrinos, atraídos pelas belas obras de arte, assim como pelo profundo significado simbólico de um lugar como nenhum outro.
Roma, sempre foi palco de muitas civilizações, cada qual com o seu próprio culto e adoravam as suas próprias divindades. Não se pode ignorar, que a história religiosa de Roma esteve sempre associada ao paganismo. Símbolo da devoção a todos os deuses é o Pantheon, ainda hoje um local de culto, tendo-se tornado a Igreja de Santa Maria ad Martyres o santuário dos reis da Itália.
Perto do Pantheon está o Fórum Romano com os templos mais interessantes da cidade: Templo de Saturno, Templo de Castor e Pólux e o Vesta.
Após este breve mergulho no passado religioso italiano, é fundamental destacar algumas das centenas de Igrejas que podemos encontrar em Roma: Igreja de S. João de Latrão é conhecida como a Catedral de Roma, também conhecida como “Mãe de todas as igrejas do mundo”.
Relativamente perto, encontra-se a Basílica de São Clemente, cujo exterior barroco avançado, esconde tesouros artísticos que remontam, sobretudo, aos tempos medievais. Passando o Coliseu, chega-se à Praça Esquilino, antes da qual se avista a Basílica de São Pedro. Poucos passos à frente, encontra-se a basílica patriarcal Santa Maria Maior, muito bem preservada. Do século XVIII, o interior oferecer as maiores inspirações artísticas, das quais os mosaicos permanecem a imagem mais reconhecível. Atravessando o rio Tibre, avista-se a Basílica de Santa Cecília em Trastevere, situada no coração de um dos bairros mais fascinantes de Roma. São de particular interesse as obras da área presbiteral. A verdadeira pérola artística da basílica encontra-se no coro das freiras: o Juízo Final pintado por Pietro Cavallini.
Seguindo ao longo do rio Tibre, em direção a norte, chega-se à Praça de São Pedro, obra-prima de Bernini e antecâmara do mais importante conjunto arquitetónico católico do mundo.
No interior da Cidade do Vaticano, poderá contemplar os Museus do Vaticano, onde se encontra uma das maiores coleções de arte do mundo (enorme coleção de obras de arte acumuladas ao longo dos séculos pelos Papas). O ponto alto do Vaticano é a visita à Capela Sistina pintada por Miguel Ângelo.

Não deixe de visitar a Colunata de Bernini e principalmente a Basílica de São Pedro, uma das edificações mais belas e visitadas no mundo, observando também sua cúpula que é considerada uma referência no estudo de engenharia estrutural.
Além dos locais referidos anteriormente, a Itália reúne muitos outros destinos de turismo religioso, como por exemplo:
PÁDUA: pequena cidade, a 40 quilómetros de Veneza, onde está localizada a Basílica de Santo António de Pádua. Santo nascido em Lisboa e que encerrou seu caminho terreno em Pádua na Itália. Aqui poderá ainda visitar a Belíssima Basílica.
SANTA MARIA DEI FIORI: Basílica de Santa Maria, localizada no coração de Florença, em pleno centro da Toscana. Aproveite para conhecer esta belíssima cidade e degustar o legítimo sorvete italiano.
SANTA CATARINA DE SIENA: Igreja localizada na cidade medieval de Siena, que é conhecida pelo “palo de siena”.
ORVIETO: Pequena cidade Medieval aos pés do monte da cidade, encontra-se aí a Igreja onde foi trasladado o “Milagre Eucarístico de Bolsano”.
ASSIS: Cidade medieval onde nasceu São Francisco de Assis e a Ordem Franciscana. Aqui poderá pode visitar as Basílicas Alta e Baixa, onde estão expostas vitrais e frescos de beleza única.
LANCIANO: Cidade localizada na região de Abruzzo, possuidora de uma arquitetura soberba e monumentos religiosos, tais como: Igreja de Santa Maria Maggiore e a Torri Montanare: É o local onde ocorreu um dos sete milagres mais conhecidos da Igreja Católica, quando uma hóstia se transformou em carne e o vinho em sangue durante uma celebração eucarística.