Home>BIRD Magazine>O QUE NÃO DISPENSO NA MINHA DESPENSA
BIRD Magazine

O QUE NÃO DISPENSO NA MINHA DESPENSA

www.facebook.com/beonhealthy/
INÊS MAGALHÃES
A despensa lá de casa deveria ser um local organizado escrupulosamente, uma vez que dedico algum do meu tempo a preparar as minhas refeições, a escolher os melhores ingredientes e a ter um estilo de vida saudável. Porém, nem sempre este é o local mais arrumado. Por entre caixas, latas e pacotes, de farinha, de cereais, sementes e snacks, surgem alguns rótulos bem coloridos, típicos daqueles produtos apelativos que saltam à vista de tanto desejo que provocam, daqueles artigos que nos fazem salivar sem sequer provar, que ocupam metade das nossas gavetas e que mesmo muito arrumadinhos não os conseguimos esconder. 
Pois é…
Neste momento acredito que estão desse lado a questionar o porquê, da confissão destes “pecados”. E não querendo fugir com o rabo à seringa, conto-vos que não moro sozinha, que partilho este espaço com a minha querida irmã, e que apesar de já ter algum cuidado nas suas escolhas, (com alguma influencia minha como devem imaginar) é muitas vezes liberal naqueles supostos antídotos para a boa disposição, cheios de açúcar e gordura. Sim, aqueles pacotes coloridos que falei anteriormente, aqueles que dão alguma cor e vida à nossa despensa. 

Vamos pensar positivo! 
É certo que se não conseguimos resistir às tentações o melhor é não as ter por perto. E eu não sou muito bom exemplo neste caso. Por isso, se há dias em que facilmente resisto, outros há, em que lá faço um “ataque” menos correto. O bom é que os dias em que as minhas rotinas são adequadas e facilmente saudáveis são muitos mais do que os que me descontrolo.
Com isto, gostaria de partilhar convosco, como forma de exemplo, alguns ingredientes que jamais dispensaria na minha despensa. 
Como podem compreender ao acompanhar a minha página BEyOndHealthy, tenho um estilo de vida bastante activo, tentando sempre que possível levar uma alimentação regrada e saudável o que me faz optar por alimentos que me forneçam um bom aporte nutritivo para que consiga manter um equilíbrio entre o meu bem-estar físico e mental. 
A AVEIA em flocos e/ou Farinha é sem dúvida um “Must Have” na minha despensa. Essencialmente usada nas minhas refeições da manhã, lanche e/ou pré-treino em pratos deliciosos como panquecas, papas de aveia ou apenas com iogurte. É um cereal altamente energético, pertencente à família dos hidratos de carbono de absorção lenta, o que faz com que o nosso organismo se mantenha saciado durante mais tempo e para além disso é rico em proteína (essencial para a reconstrução muscular).
Os OVOS, fonte de proteína, cozidos estrelados, escalfados em omeletes ou pastelões são aqueles que lá em casa esgotam com maior rapidez. Uso com bastante frequência e posso até dizer-vos que consumo pelo menos a 1 a 2 ovos por dia.
Na dispensa existe também um grande saquinho indispensável com um suplemento de PROTEÍNA WHEY. Desmistifique-se que este suplemento é algo desaconselhável. Para quem tem objectivos específicos e um volume elevado de treinos é fundamental para a manutenção da massa muscular. 
FRUTA. Maçã e Pêra as mais frequentes durante todo o ano, porém, nesta fase do ano opto sempre pelo consumo da fruta da época. Sendo um açúcar, é necessário ter atenção ao seu consumo em demasia. No entanto, a frutose, açúcar natural presente na fruta, é de absorção rápida o que ajuda na manutenção dos níveis de açúcar no sangue e controla a vontade de ingestão de doces.
ARROZ BASMATI, por várias razões este é o arroz de eleição lá de casa. 1º Porque é de rápida confecção, 2º pelo seu sabor característico e 3º pelo seu menor índice glicémico, permitindo que a absorção deste hidrato de carbono seja mais lenta. 
Por último, e reforçando neste momento que esta selecção não foi fácil, uma vez que outros ingredientes não mencionados também estão frequentemente presentes na dispensa lá de casa, não podia deixar de referir o ATUM, neste caso enlatado e conservado em água. 
Este é sem dúvida o ingrediente do desenrasque que incluo sempre nos meus pratos e cozinhados, como fonte de proteína, quando o tempo para cozinhar é extremamente reduzido.

Agora que conhecem a minha dispensa espero que reformulem a vossa lá em casa sempre com boas escolhas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.