Home>BIRD Magazine>CRAQUE AMARANTINO DESILUDIDO COM FUTEBOL PORTUGUÊS
BIRD Magazine

CRAQUE AMARANTINO DESILUDIDO COM FUTEBOL PORTUGUÊS

DR
Luís Miguel Teixeira Ribeiro, mais conhecido por «Miguelito», nasceu em Amarante há 26 anos.
A sua vida ligada ao futebol começa aos 6 anos, com ligação ao Amarante FC desde a época 1998/1999, mantendo-se fiel ao seu clube do coração, jornada após jornada. 
A época 2015/2016 foi a mais comentada pela comunicação social, com o médio a fazer 13 golos em 35 jogos, num total de 2981 minutos em campo. 
O golo que eliminou o Marítimo e o afastou da Taça de Portugal, colocaria Miguelito nas páginas do desporto nacional. À época, o craque dizia em entrevista: “Este jogo pode ter aberto horizontes, mas neste momento estou no Amarante e quero ajudar a conseguir os objetivos”, lembrando a dedicação ao clube: “Estou aqui desde os meus seis anos, sinto-me bem e estou bem cá.”
Quanto a novas contratações, Miguelito mostrava-se disponível: “Claro que se houver um convite para outras equipas, não posso pôr de parte. Dizem que temos de sair da nossa zona de conforto (…)”
Nesta terça-feira, o menino d´oiro do Amarante FC, colocou uma fotografia do interior de um avião, acompanhada de um longo desabafo;
DR

“Triste com o futebol português, triste com as pessoas que o comandam mas principalmente triste comigo. Falando um pouco mais destas ultimas 3 épocas, passados 7257 minutos, mais de 30 golos e ser juntamente com outro colega de profissão melhor marcador da taça de Portugal 15/16, não foram suficientes para dar o salto nos campeonatos profissionais no pais que tanto amo que é Portugal. Dizem os entendidos que o meu problema é nunca ter saído da minha zona de conforto, então , para que não haja mais desculpas, parto hoje para o Chipre numa aventura que espero que tenha um final feliz. Na próxima época irei representar o Olympiakos Nicosia, uma equipa de 2a liga que tem como objectivo subir de divisão. Vou fazer para que tudo corra bem, sabendo de antemão as dificuldades que vou enfrentar…mais psicológicas do que físicas….longe da família e dos amigos. Peço desculpa se não me consegui despedir de toda a gente, mas aconteceu tudo muito rápido e não deu tempo para tudo. Ao meu Amarante fc agradeço tudo o que me deu ate hoje, ajudou me a crescer como jogador, mas principalmente como pessoa….espero que nesta época não tenham saudades minhas e eu também espero não ter saudades vossas . Desculpem me este desabafo mas estava me aqui atravessado na garganta…espero não ter sido mal interpretado.
Acabo como comecei; Triste com o futebol português, triste com as pessoas que o comandam, mas principalmente triste comigo. Até já.”

Na rede social, os likes e comentários de apoio ao craque não param de ser publicados, entre mensagens de boa sorte e de desilusão por não ter sido reconhecido o seu talento, amigos e conhecidos homenageiam o atleta de partida para o Chipre.
DR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.