Home>BIRD Magazine>O MUNDO VISÍVEL X INVISÍVEL
BIRD Magazine

O MUNDO VISÍVEL X INVISÍVEL

MARGARIDA BRASIL
Maria tem uma visão privilegiada. Vê o que ninguém mais consegue ver. Quando era criança, morava com os pais perto de um cemitério que ficava em cima de um morro.
Da janela do seu quarto ela via, todo dia às 6 horas da tarde, uma senhora que subia o morro do cemitério e ia acender uma vela no túmulo de uma louca que vivia de casa em casa mendigando abrigo, e que amanhecera morta no alpendre de sua casa.
A chama da vela a noite toda crepitava, se apagando só ao amanhecer. Nem chuva nem rajadas de vento apagavam aquela chama, fato que intrigava a menina. Um dia Maria resolveu ir ver se aquela visão era verdadeira, e antes das 6 da noite foi ao Cemitério e subiu na única mangueira que havia e ficou a espreitar.
Ás seis em ponto, entra a senhorinha com uma *mantilha branca na cabeça, chega ao túmulo da Marta louca, tira do bolso o seu terço, acende a vela e começa a rezar.
A menina passou da mangueira para o muro, desceu de um pulo e foi pra casa, mas a partir desse dia rezava um mistério do terço pela Marta todos os dias. Todos os seus pedidos são feitos a ela e sempre é atendida.
Outras histórias desse cemitério são contadas, todas verídicas, e que ela conta nas noites de luar quando nos sentamos no terreiro da casa do meu avô lá no sertão.
Cada um tem uma história a contar, em todas elas eu acredito.
CAVALO BRANCO
Porque eu mesma, quando tinha oito anos, morava com minha família às margens de um pequeno Igarapé que formava uma lagoa, fazendo fronteira entre o nosso sítio e o do vizinho.
Um dia, à noitinha, papai chegou montado no seu cavalo branco, como sempre, o amarrou no cercadinho atrás da casa e foi pedir um remédio para febre e gripe.
À meia noite, mais ou menos, o cavalo começou a relinchar e escoicear, até se desamarrar e sair em desabalada carreira, no rumo da lagoa, onde, do outro lado estava o arrozal do vizinho, todo já amarelando o cacho. A coisa mais linda!
A minha mãe me acordou e disse: -Vamos comigo minha filhinha, pegar o cavalo do seu pai, senão ele vai fazer o maior estrago no arrozal do Compadre Antônio.
Pulei da cama e lá fomos nós. Da margem da lagoa vimos o cavalo lá no arrozal, atravessamos a lagoa, acordando os jacarés e fomos em direção do cavalo.
Com a lua clara víamos o cavalo tão branco, tão bonito. Mas ele não nos deixava pegar. Passava entre nós duas como se estivesse brincando conosco.
Deu uma neblina forte e nós atrás desse cavalo até o dia começar a clarear. Foi quando ele saiu em desabalada carreira e nós desistimos. Fomos pra casa onde meu pai já nos aguardava ansioso, pois o cavalo dele havia voltado, assim que havíamos saído e ficamos perplexas imaginando como isso poderia ter ocorrido.
RELIGIÕES NO BRASIL
O povo brasileiro é cheio de FÉ, RELIGIOSIDADE, ESPIRITUALIDADE E MISTICISMO, sendo esse, um dos fatos que nos une e fortalece como povo.
A Igreja católica no Brasil tem 42 arquidioceses, 210 dioceses, 11.000 paróquias 20 mil sacerdotes, Enésimas igrejas, para uma população de 210 milhões de habitantes. Em segundo lugar vem os Evangélicos, seguidos dos Espíritas, os terreiros de candomblé e a mistura de cultos e crenças indígenas.
Na verdade todos nós respeitamos as crenças um dos outros e tudo se ajeita, mas interessante é notar que todas as religiões, especialmente as Cristãs, claro, acreditam em Cristo e nas suas palavras escritas na Bíblia Sagrada, onde Ele nos ensina que há o mundo visível e o invisível, e os dois são reais.

O fato mais real é a Eucaristia.
Quando eu morava com as Irmãs Catequistas, tinha a missão de preparar aquele pão com trigo e água e comia todas as *aparas. Adorava! Já o que seriam hóstias, eram tratadas com respeito.
Quando o padre celebra a Eucaristia, fico a adorar a Deus, o Criador do Universo, aquele que nos sustenta e que nos veio ensinar e educar. Personificado no seu próprio Filho Jesus Cristo que em forma de pão e de vinho alimenta nosso ser espiritual, que é feito à sua imagem e semelhança.
Quem não crê nesse Mundo Invisível, desculpe! E siga sua vida com meu respeito. Mas deixarei com vocês um pequeno conto meu que tenta mostrar o mundo invisível que nos é ensinado pela religião.
O PRESENTE. (Conto)
Aquele foi o grande dia.!
Naquela noite ela se unia ao homem que amava. Deu os últimos retoques no visual. Queria ser a noiva mais linda do mundo para a alegria do seu noivo.
Foi uma linda festa. Duas famílias selaram sua amizade. Haviam recebido muitos presentes, mas a noiva pedia insistentemente a Cristo um presente especial. Tinha esse pedido no coração desde o dia que noivou.
Ela não sabia o que queria, mas tinha certeza que o presente que receberia do Céu seria especial e sempre reforçava o pedido.
Após toda a festa, saíram para trocar a roupa e pegar as malas para a Lua de Mel. Estavam in

do para uma praia paradisíaca, onde descansariam do casamento e dos exaustivos preparativos. De repente o carro deles entrou atrás de uma carreta na estrada e a noiva bateu com a cabeça e desmaiou. O noivo correu para o hospital onde começou uma bateria de exames, mas as funções vitais estavam normais. A noiva apenas dormia e não queria acordar. Após algum tempo, acordou assustada para o delírio de felicidade de todos.

Resolveram ficar em casa por aquele dia, mas no outro já estavam na estrada novamente. Lá ela contou ao marido tudo que vivera no tempo em que “dormiu”. Ficava angustiada por não encontrar palavras para descrever tudo que viveu naquele curto espaço de tempo.
Ela repetia que fora levada a um lugar maravilhoso no qual lhe era mostrado que não havia apenas um Universo, mas vários. Cada um mais lindo que o outro. Ela viu a abundância da vida nos incontáveis universos, todos eles superiores ao nosso, todos girando ao redor de um centro emissor de Sabedoria e Amor. E lá na Imensidão nas alturas, seres altamente evoluído entoam um som mavioso. Um concerto indescritível para externar a profunda alegria que está neles. A Felicidade dessas criaturas é tão intensa que precisa ser expressa em forma de um canto-louvor-oração, extravasando a felicidade, a gratidão pela união através da fé.
Ali se entende que somos galhos de uma imensa árvore na qual circula a seiva que é a Sabedoria e o Amor. E impossível estar ali sem se fundir com tudo aquilo de uma forma intensa e misteriosa. Vale lembrar que apesar de ser um Todo, através da consciência coletiva, a memória de cada um é individual, particular.
Toda vez que se formula uma pergunta, a resposta vem em forma de luz, cor, suavidade e beleza que nos inunda e clareia nossa mente por completo.
É aí que se sente, a nossa falta de conhecimento, nossa falta de entendimento, nossa impossibilidade de enxergar.
Existem incontáveis mundos, com abundância de vida evoluída. Esse universo não ocupa espaço, e está aqui mesmo onde estamos, só que numa frequência diferente. Os nossos olhos de carne, não conseguem ver, nem o nosso cérebro consegue assimilar, entender.
O conhecimento, ali é transmitido sem nenhum esforço. E incorporou-se ao seu ser, nítido, claro, intenso. Ele é o PRESENTE que tanto pediu ao Espírito Santo de Deus por tanto tempo.
Conhecimento, Discernimento, Sabedoria, Amor e Paz. Como agradecer tão rico presente.?
“EU ERA CEGO, AGORA VEJO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.