Home>BIRD Magazine>UM MILAGRE NO DOURO
BIRD Magazine

UM MILAGRE NO DOURO

ANTÓNIO REIS
PÃO TRANSMONTANO (DT.)
O “milagre” do Douro encontra-se no restaurante “Sobreiro”.
Aproveitando o escaldante sol de verão, continuando a percorrer as sinuosas estradas que serpenteiam montanhas e vales da mais antiga região demarcada do Mundo, o Douro (ano de1756/1757). Fomos surpreendidos por um “milagre”, na aldeia duriense de Vilarouco, quando entramos no restaurante “sobreiro”. Localizado junto à estrada N222,classificada recentemente como a mais bela do Mundo, o restaurante “sobreiro” foi construído em cima de um morro rochosos ao lado das arvores que lhe deram nome; vários chaparros e sobreiros. Lá do alto conseguimos ter a possibilidade de observar as montanhas de além doiro (Trás-os-Montes), como dizem as pessoas que residem do lado da Beira Alta.
Entramos na ampla sala de refeições, com capacidade para mais de cem pessoas, e diga-se que estava cheia a quando da nossa visita discreta, onde um empregado de mesa e duas cozinheiras conseguiam satisfazer, em tempo útil, os clientes que iam degustando o gaspacho saído da farta cozinha. O Sr. Norberto vai auxiliando no bar e toma conta da receita do dia.
O jovem empregado de mesa apresentou o menu, mas foi adiantando o que de melhor se estava a confecionar na cozinha e mais rápido a servir: Chanfana e feijoada à transmontana; no cardápio havia mais de dez pratos à escolha, e pelo que podemos observar a módico preço, não mais de €10, incluído sobremesa e café. Dos convivas do grupo houve quem optasse por chanfana e outros por feijoada. Bem, como não poderia deixar de ser tínhamos de provar os dois pratos e lá aparece a “vaquinha”; acabamos todos por comer um pouco de cada. A chanfana estava com um sabor equilibrado entre o doce e o bravo da carne do animal, a cabra. A feijoada, tal como é apanágio por esta paragem, não faltavam os enchidos e outra carne de porco em abundância. Saciados com a comida e milagrosamente bem bebidos com um vinho da terra que nos impressionou pela qualidade e pelo nome de marca “milagre”!
Café Restaurante O Sobreiro
Rua Sra. Estrada 3
Vilarouco
5130-557 VILAROUCO
Depois de dar-mos uma olhadela pela minúscula garrafeira vimos dois vinhos da terra de Villa Rouco, optamos por saborear o vinho que nos parecia mais sugestivo, o “milagre”. E não é que parece que houve mesmo um milagre! Entramos no restaurante a fugir ao sol abrasador que se faz sentir no verão por terras do Douro e quando saímos todos foram unânimes em dizer que o pico do calor já tinha passado. O povo assim diz, “quando o vinho não está na garrafa está em algum lado”.
Milagre Reserva
Produzido por Viniselores
O vinho Milagre tem um aroma a fruto maduro e junta um agradável tostado, na boca tem muito corpo algum calor alcoólico, fruto e taninos bem maduros, tudo cheio e bastante generoso. 
Região Douro Ano 2014 Álcool15,5%
Preço à saída da adega €8,50

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.