Home>BIRD Magazine>COMO ESCOLHER SAPATILHAS PARA CORRER?
BIRD Magazine

COMO ESCOLHER SAPATILHAS PARA CORRER?

ELISABETE RIBEIRO
Engana-se se pensa que as sapatilhas são todas iguais. Embora um único par possa ser utilizado para praticar uma variedade de desportos, a verdade é que não estará a obter a performance máxima se calçar, por exemplo, as sapatilhas que normalmente usa para jogar ténis para fazer uma sessão de corrida. Para poder correr comece pelas sapatilhas adequadas.

Analise um par antigo. A melhor forma de decidir quais as próximas sapatilhas de correr a adquirir é analisar um par antigo, ou seja, comece por colocar as sapatilhas lado a lado e determine o seguinte: se inclinarem para o meio, as suas novas sapatilhas necessitarão de maior estabilidade; se inclinarem para fora, as suas novas sapatilhas devem permitir uma maior absorção de choque. Agora, examine as biqueiras das sapatilhas velhas – consegue ver a forma de algum dos seus dedos? Recorda-se de algum desconforto nesta zona? Se respondeu sim a qualquer uma destas questões, recomenda-se que as sapatilhas novas sejam um tamanho acima e/ou mais largas. Agora, verifique o estado das solas para saber quais as zonas mais gastas – são estas que denunciam a forma como o seu pé pousa ao correr, o que significa que o próximo modelo deve ter algum suporte extra nestas áreas.
Loja especializada. Se correr é uma atividade que leva a sério, então a compra de umas sapatilhas para esse efeito deve ser igualmente ponderada. Para começar, desloque-se a uma loja de desporto especializada – isto porque para além de encontrar prateleiras e prateleiras de modelos, estas estarão organizadas por desporto, o que por si só já facilita a seleção. Adicionalmente, contará com o conhecimento de quem trabalha no mercado para determinar qual a melhor sapatilha para si. Se tiver um par de sapatilhas antigas, leve-as consigo.
Quantos quilómetros? Quanto mais tempo dedicar à corrida, melhor devem ser as sapatilhas a adquirir. Se é uma pessoa que corre todos os dias, ou quase, e que habitualmente participa em maratonas, então o investimento feito num bom par de sapatilhas será facilmente recuperado simplesmente porque sentirá a diferença, a vários níveis. Se começou recentemente ou pensa iniciar um programa de corrida, então a primeira aquisição de sapatilhas específicas para esta modalidade pode passar por um modelo mais básico que o ajudará a começar com o pé direito, mas das quais não se arrependerá no caso de desistir ou de querer melhorar o seu desempenho e adquirir um modelo superior.
Perfeitas nos pés. Para fazer uma escolha acertada no que toca a sapatilhas para correr, vá com tempo para a loja de desporto e, sem descurar nenhuma das dicas acima apresentadas, não tenha receio de experimentar todos os modelos disponíveis! Faça questão de manter cada sapatilha no pé durante alguns minutos, passeando e até correndo um pouco pela loja para perceber como é que as sapatilhas respondem ao movimento e qual a duração do seu conforto.

A adaptação. Escolhidas as sapatilhas, segue-se outra importante fase – a adaptação. Antes de as levar para a rua, ande com elas em casa, não só para começar a “quebrá-las”, mas para se certificar que escolheu, de facto, o melhor modelo para si. Na hora de começar a correr com as sapatilhas novas, faça-o sempre com meias e comece com pequenas distâncias para reduzir o risco de bolhas e outros desconfortos provocados por sapatos novos. Por este mesmo motivo, aconselha-se a nunca estrear umas sapatilhas numa prova ou maratona.

Uma revisão adequada. Independentemente do preço e do conforto, um par de sapatilhas não dura para sempre e, no momento em que começar a sentir que lhe apertam ou magoam os pés, estará na altura de voltar a investir. Se continuar a correr com sapatilhas que já tem há anos e que já viram melhores dias, o risco de lesão torna-se cada vez mais elevado. Quando em dúvida, siga a regra dos especialistas: troque as sapatilhas a cada 700 km.
Fonte: Atletismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.