Home>BIRD Magazine>EU VIVO A SONHAR
BIRD Magazine

EU VIVO A SONHAR

RITA TEIXEIRA
Esta doença, Esclerose Lateral Amiotrófica, começou na fala. Em pouco tempo, as pessoas deixaram de compreender o que eu trasmitia, dificultando o meu relacionamento com todos que me rodeavam, dificultando a convivência entre pares. Em seguida, tive acesso a uma lista de letras, que afastava as pessoas, porque era preciso muita paciência para soletrar palavra a palavra. Enfim, a vida complicou-se e certamente todos entendem o porquê. No final do ano, a vida voltou a sorrir para mim. Um computador foi adaptado à minha situação e eu voltei a comunicar e, mais importante que tudo, eu voltei a viver. Sim! A viver com vontade de viver. Ver que era possível falar com os outros, foi algo sublime! Vai daí, entrei no mundo do Facebook. Em pouco tempo, tinha pedidos de amizade, porque as pessoas passaram a ver as minhas publicaçôes e a sentirem que, sempre que as liam, sentiam-se melhores e, além disso, reviam-se nas minhas palavras! Passei a escrever mensagens para de manhã e para a noite. Agora, escrevo o que me vai na alma. Eis algumas dessas mensagens:
Com a chuva veio a nostalgia. Nem sempre a gente acorda com boa disposição e, não é por isso, que devemos silenciar o que nos vai na alma. Mergulhei nas profundezas do meu coração e o que vi, deixou-me muito triste. Estava longe de ser uma pessoa como gostaria de ser. 
Dentro do meu egoísmo, não via o bem que me queriam proporcionar, só esperava que os outros abdicassem das suas vidas para fazerem somente a minha vontade. Há certas alturas, que esqueço a força que Deus me deu e não deixo que o meu mau humor e a minha falta de razão não me deixem ver outros percursos. Sinto-me mal quando certas pessoas se esquecem depressa de que sozinhos não vão mudar o mundo. 
De que eu ainda estou aqui em vez de me sentir privilegiada por ter a luz de Deus e elas viverem apenas na escuridão. Quando acordo desanimada, após uma decepção, fico sisuda e sem vontade de falar com ninguém, quando deveria levantar e sorrir com a esperança de que vencerei qualquer batalha. Enfureço-me quando se metem na minha vida, pessoas excêntricas, fúteis e arrogantes. Ignorá-las e seguir em frente, é o que deveria fazer, porque elas não me chegam aos calcanhares, uma vez que na minha vida, dou primazia aos valores da fraternidade, da igualdade e da amizade. Agora que acabei a minha divagação, aprendi uma lição: querer, crer e ter. No meu coração entrou Deus e nunca mais saiu. Espero que Ele também entre no vosso!
Façamos com que este dia seja vivido em beleza! Olhemos para o nosso jardim ou para os jardins alheios! Vejamos a beleza das flores que enchem de grandeza a natureza. Sintamos o perfume inebriante dessas flores que enchem o ar. Ouçamos a brisa por entre as folhagens que fazem uma melodia de embalar quem por lá passa. Andemos com estas sensações no nosso coração e tenhamos todos um bom dia! 
Chegou a noite! Que as sensações que vos acompanharam ao longo do dia, tragam a tranquilidade e a memória daquilo que já viveram, para uma noite relaxante e repleta de sonhos. De manhã, ao abrirem a janela do quarto, sintam-se revigorados e prontos para abrirem uma nova página do livro da vossa vida! Boa noite a vocês, amigos do Facebook. 
Sonhar não tem tempo nem lugar. Sonhar com o inimaginável, com a fantasia, com a realidade, no passado ou no futuro. Sonhar é viver. Viver para sonhar. Vivamos a vida sonhando! Sonhar com um amanhã, com um mundo parasidíaco. Sonhar com o amanhã, com paisagens verdejantes. Sonhar com o amanhã, com o céu azul límpido e os pássaros esvoaçando debaixo das nuvens brancas de algodão. Sonhar com o amanhã, em que as melodias ou baladas livrem as pessoas do stress do dia a dia. Sonhar com o amanhã, em que as pessoas se preocupem mais com o meio que as rodeia e menos consigo próprias. Sonhar com o amanhã, que está tão longe da realidade! Sonhar pode ser uma utopia, se não começarmos a guiar os nossos passos para a salvação da humanidade!!! Eu vivo a sonhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.