Home>BIRD Magazine>O NATAL E A SUA DESVALORIZAÇÃO AO LONGO DOS TEMPOS
BIRD Magazine

O NATAL E A SUA DESVALORIZAÇÃO AO LONGO DOS TEMPOS

LÚCIA LOURENÇO GONÇALVES
E num período que se quer festivo, há no entanto que refletir maduramente sobre todo o contexto que, atualmente rodeia uma época em que tanto se apregoa o amor ao próximo, mas cujas “boas intenções” duram apenas algumas semanas!
Já lá vai o tempo, em que um Natal feliz era ter comida melhorada na mesa… A árvore que se ia buscar diretamente ao pinhal, mas que nos meses anteriores já se tinha escolhido, de forma a ficar cheia e arredonda e, já em casa, era enfeitado com simples pedaços de algodão e bugalhos embrulhados na prata dos chocolates Regina, que tinham exatamente as cores do Natal!
E ao som do Coro de Santo Amaro de Oeiras, cujas música ainda hoje me estão no ouvido e me remetem imediatamente ao passado e aos aromas e sentires tão típicos… Eram vividos estes dias tão mágicos, tão brilhantes como as luzes que piscavam nas árvores… e açucarados… de guloseimas e de amor! 
Que saudades desse tempo! Em que tudo era tão simples e de tão simples e leve era perfeito…
A lareira acesa, toda a família à sua volta… A ceia esmeradamente confecionada e os doces, uma delícia de sabores a que agora nem se dá importância…Fruto da fartura e da superficialidade!
A noite passada em família com jogos e muitas gargalhadas à mistura… De manhã, a surpresa ternamente deixada pelo Menino Jesus, no sapatinho que ficava junto à lareira!
Lamentavelmente com o passar dos tempos, o natal virou uma época de consumo, onde o que mais importa não é a união familiar, mas em muitos casos, o valor da prenda que se recebe!
Mas o Natal deveria ser essencialmente amor, aliás tratando-se do mais nobre sentimento, todos os dias deveriam ser Natal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.