Home>BIRD Magazine>A ACEITAÇÃO DA DOENÇA
BIRD Magazine

A ACEITAÇÃO DA DOENÇA

RITA TEIXEIRA
A aceitação da doença foi inesperadamente difícil de assimilar, sabendo como poderá ser doloroso os últimos suspiros ao partir. Após o dia do diagnóstico, continuei a sentir aquela paz, com o apoio diário da prima Mariazinha Coutinho, ajudando-me nos exercícios físicos, enquanto fazia as suas preces a Deus. 
A pastora Lourdes continuou a ser uma presença assídua, transmitindo a palavra de Deus. 
O médico que começou a frequentar a casa do meu irmão, aconselhou-me a exercitar as mãos, copiando excertos da Bíblia. A surpresa foi inexplicavelmente surpreendente! 
Para despedida, a minha cunhada ofereceu um jantar com as pessoas que dedicaram o seu tempo, para me darem tempo e, dessa forma, darem-me o apoio que eu tanto necessitava. Inegavelmente e inesperadamente eu apercebi-me que era obra de Deus ter à mesa, representantes de três religiôes. O médico, da religião muçulmana; a Mariazinha Coutinho e família, da religião católica; a pastora Lourdes e a minha cunhada, da religião evangélica. 
No final, todos discursaram, sendo da mesma opinião, que a minha presença ali, tinha um significado, a mão de Deus levar- me até lá, para darem valor à vida! Valorizaram a minha força,o meu carácter, a minha resignação, e a minha serenidade, dando-lhes uma lição de vida, que jamais esqueceriam. 
Alguém disse que eu ainda iria dar o testemunho de como enfrentava esta doença. Sozinha ri para mim mesma: “Dar o testemunho? Eu? Como era possível? eu detestava falar em público e tal seria inviável!” 
O inviável tornou-se Viável. Agora, aqui estou eu, a dar o meu testemunho, com o olhar a digitar as palavras do meu depoimento, influenciando a vida de algumas pessoas! 
A fé que tanto buscava, encontrei-a tão longe de casa! Tão longe da terra natal! Do outro lado do oceano Atlântico, veio uma sonhadora disposta a enfrentar duras batalhas contra a doença. Sonhei e venci algumas dessas provas de coragem e garra, sendo Deus a sombra que guiou a minha luta, fazendo de mim uma vitoriosa!
As minhas oraçôes são palavras de ternura dirigidas ao coração de Deus, agradecendo a Ele por me ter escolhido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.