Home>BIRD Magazine>O REGULA – ADEGA REGIONAL
BIRD Magazine

O REGULA – ADEGA REGIONAL

CRÓNICA DE ANTÓNIO REIS
Depois de uma breve visita por terras do concelho de Penafiel, fomos a um dos pontos mais antigos da humanidade nos arredores do Porto, o Dólmen da Portela, na freguesia de S.ta Marta. Um monumento megalítico construído III séculos antes da era cristã. Local preservado e conservado, assim como de fácil acesso a todos aqueles que admiram a arte que ficou registada pelos povos que passaram pela Península Ibérica e deixaram um legado que deu origem ao que somos hoje.
Deste ponto histórico seguimos por rua e ruelas bem conservadas e totalmente empedradas, sem quebra do lugar “sagrado”/histórico onde estávamos, encontramos a adega regional “O Regula”, num cantinho da aldeia de Rande, também este estabelecimento com um traçado arquitectónico preservado e conservado, tal como a sua construção original há mais de um século.
Já a coberto das telhas seculares da adega regional “O Regula”, num dia cinzento a ameaçar chuva por aquelas bandas do concelho de Penafiel, fomos recebidos por um prático e profissional funcionário de malga na mão direita e caneca na mão esquerda de onde “escrrichava” um tinto negro que levado à boca pintava os lábios aos homens e limpava o batom às mulheres. Acomodados numa das salas, com capacidade para cerca de trinta pessoas, esperava-nos uma mesa farta com as chamadas entradas para almoço. E um branco verde para ajudar a garganta a dar o “nó”, as tantas iguarias regionais.
Depois de um compasso de esperas pelos convivas de momento, eis que é chegado o prato principal que nos levaria até aquele local, lá longe, mas tão perto, dos olhares citadinos. Um arroz de lampreia acabadinho de fazer, solto e a fumegar, o qual, mesmo depois de tão apetitosas entradas, foi possível arranjar um lugar no “bucho” para arrumar o apreciado gaspacho que por esta altura do ano trás forasteiros do Douro ao Minho à procura de tão apreciada gastronomia.
Acabando mais um dia de lazer gastronómico na Quinta da Aveleda com um vinho da casa e um queijo forte, tudo produzido naqueles hectares de terreno virados para a “varanda” da cidade de Penafiel, desde 1870.
Uma refeição na adega regional “O Regula”, lugar de Rande, freguesia de Milhundos, concelho de Penafiel, pode rondar um preço médio de €15 por pessoa, numa ementa especial do período do ano. Todos os outros pratos de bacalhau ou carne rondam entre o €7 e os €10, acessíveis aos mais comuns dos mortais, mesmo que não passem pelo Dólmen da Portela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.