Home>BIRD Magazine>O QUE É O AMOR?
BIRD Magazine

O QUE É O AMOR?

MÁRCIA CORREIA
Etimologicamente, o termo “amor” surgiu a partir do latim “amor”, palavra que tinha precisamente o mesmo significado que tem atualmente: sentimento de afeto, paixão e desejo.
Contudo, definir o que é o amor não é uma tarefa fácil, pois para cada um de nós, o amor pode representar algo diferente. Muitas pessoas expressam os seus sentimentos mais profundos através de mensagens de amor, declarações ou poemas de amor, que são partilhadas com pessoas que lhes são especiais.
Assim, é bastante positivo ver o amor nas amizades, nas relações familiares, nas relações humanas em geral… Isto, quando é um sentimento sincero e sem nenhum interesse secundário. Pois é muito comum ver pessoas utilizarem essa palavra, esse sentimento para fazerem coisas irreconhecíveis, impossíveis de serem feitas por quem realmente ama.
Neste sentido, amar é simples e natural. É ser educada, generosa e amável com quem se convive, tratar todas as pessoas com respeito, mesmo em situações difíceis. Amar é ensinar a amar, ver todos ao seu redor cultivando esse sentimento, sem pressas, sem cobranças, sem distinções. Certos sentimentos nunca deveriam ser denominados amor pois, em alguns casos, alteram completamente o seu verdadeiro significado. E o que importa é o amor, puro e simples.
Desta forma, o amor é um sentimento puro, bom e feliz, pois faz com que sintamos uma paz, uma doçura que só quem prova pode confirmar. 
O amor não é preconceituoso, está em todas as raças e credos, está sempre onde se encontra a tolerância e a bondade extrema, não convive bem com o egoísmo, o ciúme e os sentimentos mesquinhos. Está presente entre as crianças que brincam no parque, nas famílias em confraternização na mesa das refeições e em todos os lugares que houver pessoas de bons sentimentos e que estejam abertas para sentirem essa energia positiva e universal.
Amar de verdade significa saber, reconhecer e aceitar que as pessoas têm defeitos e virtudes, que os hábitos de cada um, provavelmente incomodam, que nem tudo é cor-de-rosa e que não vivemos num conto fadas em que só existem príncipes e princesas apaixonados.
Não, o amor verdadeiro é algo que vai além de amar o que temos em comum, o que é positivo. Um amor sincero e verdadeiro é apaixonarmo-nos pelas diferenças com grande intensidade, ser tolerante com os erros e abrir o nosso coração para a confiança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.