Home>BIRD Magazine>JAMES BROWN
BIRD Magazine

JAMES BROWN

PAULO SANTOS SILVA
Corria o ano de 1933, quando na cidade americana de Barnwell situada no estado da Carolina do Sul, nascia James Joseph Brown, Jr. 
A sua família vivia em extrema pobreza, sendo que James tinha apenas dois anos de idade quando os seus pais se separaram, depois de a mãe deixar o pai para iniciar outra relação. Após a separação, James Brown continuou a viver com seu pai até aos seis anos, altura em que se mudaram para Augusta (Geórgia). Aí, o pai entregou-o aos cuidados de uma tia, que administrava uma casa de prostituição. Embora James Brown vivesse com familiares, passou longos períodos da sua vida entregue à sua própria sorte, deambulando amiúde pelas ruas.
Durante a infância, James Brown ganhava dinheiro engraxando sapatos, vendendo e trocando selos, lavando carros e louças, além de cantar em concursos de talentos. Também fez espetáculos para as tropas de Camp Gordon, no começo da Segunda Guerra Mundial, uma vez que os comboios que transportavam os soldados, passavam por uma ponte próxima à casa da sua tia. 
Tampa Red, famoso músico americano e que namorava uma das meninas da casa da sua tia, ensinou-o a tocar guitarra; além disso, aprendeu com outros músicos a tocar piano e bateria. Já adulto, James Brown conseguiu mudar legalmente o seu nome, dele removendo o “Jr”. A adolescência, foi tudo menos fácil. Uma vez que começou a praticar alguns crimes, aos 16 anos foi condenado por assalto a mão armada e enviado para um centro de detenção juvenil, em Toccoa em 1949. Foi neste centro que conheceu Bobby Byrd, que o viu a apresentar-se na prisão. A família de Byrd ajudou-o a ver antecipada a sua libertação, após cumprir três anos da sentença. As autoridades concordaram em soltar Brown com a condição que ele conseguiria um emprego e não retornaria a Augusta ou Richmond County. Após tentar o boxe e ser lançador numa equipa de beisebol (uma carreira interrompida por uma lesão na perna), Brown focou toda sua energia na música.
Como cantor, compositor e dançarino, James Brown teve um papel fundamental na indústria da música. Deixou a sua marca em diversos artistas, incluindo o Rei do Pop Michael Jackson, influenciando até, alguns dos ritmos da música popular africana.
Brown começou sua carreira profissional em 1956 e começou a ser famoso a partir dos finais da década de 1950 e começo da década de 1960, com a força de suas apresentações ao vivo e várias canções de sucesso. Apesar de vários problemas pessoais, continuou a ter sucesso durante os anos 80. Além do sucesso como músico, esteve também muito presente em algumas das mais importantes questões políticas dos Estados Unidos, durante os anos 60 e 70.
James Brown foi conhecido por inúmeras alcunhas, incluindo Soul Brother, Number One, Sex Machine e, principalmente, The Godfather of Soul (“O Padrinho do Soul”). No livro “Sweet Soul Music” de Arthur Conley, ele é descrito como King of Soul (“Rei do Soul”).
Deixo-o com um dos temas mais icónicos de James Brown – I Feel Good – numa gravação ao vivo em Edimburgo, um ano antes da sua morte!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.