Home>BIRD Magazine>JUNHO: MÊS DOS SANTOS POPULARES
BIRD Magazine

JUNHO: MÊS DOS SANTOS POPULARES

GABRIELA CARVALHO
Hoje escrevo-vos sobre os Santos Populares.
O mês de Junho é um mês de festas e de convívios. Na verdade é também um mês que convida à reminiscência: à recordação e às memórias, tão significativas, particularmente nas pessoas mais idosas.
É um mês de reviver vivências; de partilhar conhecimentos; de festejar com o tempo, o relógio do tempo…
No entanto, não é só importante reviver. É também fundamental, fazer viver o momento, pensar “com eles” sobre a actualidade, pensar sobre o JUNHO de 2017… pensar sobre o presente… e isso sim, é a verdadeira troca de conhecimentos e experiências, onde todos pertencemos ao tempo: passado e presente!
POR ISSO…
Chegou o mês de Junho
Mês de Festa e Tradição
Mês dos Santos Populares,
Mês de Sto. António, S. Pedro e S. João.
É tempo de festa e alegria
Tempo de convívio e animação.
É tempo de aproveitar o tempo,
O Sol e o calor, com um sorriso e boa disposição.
Sto. António festeja-se a 13
E trás consigo a imagem do amor do pai presencial
Com o seu filho ao colo
No símbolo do aconchego parental.
Segue-se a 24 o S. João com o cordeiro no seu regaço.
De olhares bem iguais,
Tornemo-lo mais actual e como símbolo
Da importância da relação do Homem com os animais.
O tempo de festa termina a 29 com o S. Pedro
Que trás as grandes chaves na mão.
Que estas chaves representem aquelas que abrem as portas de um mundo melhor,
Um mundo sem fugas nem medos, um mundo de partilha e união.
Depois de pensarmos nos santos populares
Como símbolo desta realidade,
Lancemos os balões com ar quente da esperança
Cheirando os manjericos, com o toque da felicidade.
Abramos os braços à vida, à festa, ao convívio e à presença.
Acreditando que pouco a pouco, podemos fazer a diferença.
Vivamos este mês de Junho, com simplicidade e honestidade, iniciando já a mudança,
Num gesto alegre e que transmita a esperança.
FELIZ MÊS DE JUNHO!!!
“Mais do que acrescentar anos à vida, a Terapia Ocupacional proporciona vida aos anos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.