Home>BIRD Magazine>SABER DIZER QUE NÃO!
BIRD Magazine

SABER DIZER QUE NÃO!

CARLA SOUSA
Parece fácil, mas não é… Dizer que não pode ser verdadeiramente difícil para algumas pessoas. 
Podem sentir medo de rejeição, medo de serem julgadas ou , ainda, sentirem, falta de auto-confiança e amor-próprio.
A assertividade é a capacidade que uma pessoa tem de ter confiança em si próprio para dizer que não sempre que sentir e achar necessário. 
Não saber dizer não pode conduzir a comportamentos de risco, problemas emocionais e ao esgotamento.
Tentar atender a tudo no trabalho, vida familiar e outras esferas relacionais, pode conduzir a um esgotamento físico e psicológico. A pessoa sente que não tem tempo para nada e estão sempre a solicitá-la para isto ou para aquilo. Acaba, quase sem dar conta, por colocar os pedidos dos outros à frente dos próprios compromissos e prioridades.
Em termos sociais é normalmente o sentimento de culpa e o medo de rejeição que leva a pessoa a dizer que sim. 
Pessoas pouco assertivas sacrificam o seu bem estar e a sua felicidade pois vivem para agradar o outro sempre com medo que com uma possível recusa a relação fique abalada.
Para haver um equilibro emocional e um sentimento de pacificação é importante um equilíbrio saudável entre o dizer que sim e o dizer que não.
Contudo, se, porventura, estiver cansado de dizer que sim, porque está farto de se sentir manipulado, sem identidade, sem amor-próprio e sem bem-estar…. Mude! Mas, prepara-se!!! Porque, durante este processo de mudança é perfeitamente normal que sinta que os outros o estranhem, se afastem ou até questionem o facto de tal mudança de atitude. Podem ainda vir com segundos pedidos… Porque, normalmente, quando dizemos um não, temos maior dificuldade de dizer um segundo…Pelo menos quando se trata da mesma pessoa. Isto acontece sobretudo com conhecidos.
Um dos truques iniciais é dizer “Vou pensar” , “Deixa-me ver”. Após um pedido, nunca dê uma resposta no imediato. Pense, e avalie as suas prioridades. Lembre-se que o seu tempo é precioso, a sua qualidade de vida também e, não vai ser egoísta ou mal educado se conseguir dizer que não. 
Aprenda a não sacrificar a sua vida pessoal, aprenda a gerir da melhor maneira o seu tempo, desenvolva a capacidade de confiar em si próprio estabelecendo os seus limites e os limites do outro: Diga que não, quando tiver que ser!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.