Home>BIRD Magazine>AO MEU IRMÃO MIGUEL CORAIS NOVAS IDEIAS, NOVA AMBIÇÃO
BIRD Magazine

AO MEU IRMÃO MIGUEL CORAIS NOVAS IDEIAS, NOVA AMBIÇÃO

MIGUEL E TIAGO CORAIS
Ontem dia 7 de Julho o meu irmão Miguel Corais apresentou a sua candidatura à Câmara de Braga pelo Partido Socialista e apesar de estar em Oxford onde vivo, senti uma grande emoção ao assistir em directo através do Facebook. Vieram-me à memória vários momentos da nossa infância e de juventude.
Recordei com muito carinho um dos momentos que sei que também mais te marcaram na vida, que foram os almoços semanais que tínhamos com o nosso Avô Corais. Nesses almoços, muitas vezes debatíamos política e quando tínhamos posições contrárias, ele muito carinhosamente nos dizia que éramos muito novos para debatermos política. Ele apesar de ter ideias diferentes das nossas, achava-nos muita piada. Com ele aprendeste a ouvir e respeitar as diferentes perspectivas, pois ele era/é uma das tuas grandes referências. Com ele descobriste que não existe uma verdade, mas sim várias verdades: a tua verdade, a verdade dele e a verdade dos outros. Ou seja, é da divergência que conseguimos convergir e o nosso avô é um dos teus “guias” pela sua entrega aos outros, pela forma como se tentava atualizar e viver a vida de forma intensa. Mas principalmente pela sua verticalidade e espírito de missão, que tanta falta faz ao nosso País e à nossa Cidade de Braga. A TUA CAPACIDADE PARA ESCUTAR, A TUA ENTREGA E O TEU ESPÍRITO DE MISSÃO SERÃO RECONHECIDO PELOS BRACARENSES.
Desde que me lembro que somos gente, comungamos os dois uma paixão quase “desmedida” pela Cidadania e pela Política. Lembras-te quando aprendemos a ler e pegávamos às escondidas nos jornais do nosso pai, para acompanharmos a atualidade política. É extraordinário como já nessa altura fazíamos as nossas pequenas reflexões em conjunto, discutindo cenários políticos e perspectivando o futuro. Estes momentos de grande cumplicidade, olhando para os problemas de vários prismas permitiram-te desenvolver uma capacidade de saber interpretar os vários momentos, melhorar a leitura política a cada instante e ter a noção que um destino tem vários caminhos.
Parece que foi ontem, que vivemos intensamente as eleições Presidenciais de 1986, quer a primeira volta entre Mário Soares, Freitas de Amaral, Salgado Zenha e Maria de Lourdes Pintassilgo, como a segunda volta entre Soares e Freitas de Amaral. Acompanhávamos os debates todos e várias vezes com os meus pais e família fazíamos partes das enormes caravanas que apoiavam a Candidatura de Mário Soares. Um dos episódios nestas eleições que me lembro foi quando assistimos a um debate e tu ficaste impressionado com a forma educada como Freitas Amaral intervinha no debate. Já nessa altura entendias que na política mais vale valorizarmos e enaltecermos as nossas ideias, projetos e lutarmos pela construção da nossa visão de sociedade, do que contribuirmos para a fulanização do debate político. A coerência sempre esteve contigo no teu percurso profissional e na tua participação Cívica. Apesar da nossa tenra idade tiveste o privilégio de assistir às eleições Presidenciais em Portugal mais emotivas e onde a audácia e a espontaneidade estiveram presentes nas diversas candidaturas. Estou certo que a COERÊNCIA, A CORAGEM E A AUDÁCIA SERÃO O TEU SEGREDO PARA CONQUISTAR OS BRACARENSES. 
Sempre estivemos juntos quer na lista à Associação de Estudantes na Escola Secundária D. Maria II, em que sem dinheiro, mas com muita gente com vontade de trabalhar, estampamos as nossas próprias t-shirts e as faixas de campanha. Apesar de perdermos foi uma experiência que te ensinou que com inovação, engenho e criatividade podemos fazer a diferença. Nos Órgãos de Governo da Universidade do Minho, percebeste a importância da boa gestão da agenda de uma reunião e tiveste o privilégio de assistir a inúmeros debates, sempre ordenados e disciplinados que permitiam que fosse possível num curto espaço de tempo debater uma ambiciosa agenda e construir consensos. Como fez questão de afirmar o Reitor da Universidade da altura, o Professor Doutor Licínio Chainho Pereira, na nossa última reunião do Senado Universitário, fomos inovadores na forma como participamos nos órgãos e como representamos os estudantes. A ambição, a tua liderança, o sentido de responsabilidade e o diálogo foram a nossa força para defender os interesses dos estudantes e SERÃO A FORÇA PARA UMA NOVA AMBIÇÃO PARA BRAGA.
Na JS e no PS, sempre tiveste coragem para partilhares o teu pensamento, mas ao mesmo tempo solidário com as decisões colectivas. Neste caminho, percebeste que em Democracia não há vencedores antecipados e que MAIS IMPORTANTE DO QUE AS VITÓRIAS SÃO A ENTREGA, AS IDEIAS, AS AMBIÇÕES E O QUE ELAS SÃO CAPAZES DE FAZER PARA MELHORAR A VIDA DAS PESSOAS. 
Desde pequeno que admiro a tua capacidade de ter uma VISÃO ESTRATÉGICA muito apurada, da tua RESILIÊNCIA, da tua POLIVALÊNCIA e FLEXIBILIDADE de forma a que qualquer projeto que estejas envolvidos seja de EXCELÊNCIA. Estas tuas qualidades ficaram à vista ao longo do teu percurso profissional em especial quando lideraste a empresa municipal Parque Exposições de Braga (PEB), que paulatinamente soubeste MOTIVAR A EQUIPA, FAZER AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E DAR-LHE UMA NOVA AMBIÇÃO.
Ontem ao ouvir-te senti o que muitos Bracarenses devem ter sentido, à frente dos nossos olhos estava o próximo Presidente da Câmara de Braga. Por isso, estou certo que a tua entrega, a tua visão, a dinâmica dos outros que estão contigo saberão estar à altura das NOVAS IDEIAS, NOVA AMBIÇÃO porque BRAGA MERECE MUITO MAIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.