Home>BIRD Magazine>PERDA DOS DENTES NATURAIS PARTE IV – PRÓTESES DENTÁRIAS REMOVÍVEIS – ADAPTAÇÃO
BIRD Magazine

PERDA DOS DENTES NATURAIS PARTE IV – PRÓTESES DENTÁRIAS REMOVÍVEIS – ADAPTAÇÃO

INÊS MAGALHÃES
Com a colocação de uma prótese dentária é importante que sejam seguidas as recomendações dadas, nomeadamente no que diz respeito aos cuidados de higiene diários.
No início poderá surgir alguma dor ou desconforto, sensação de existência de um “corpo estranho” dentro da boca, aumento da produção de saliva, mordeduras involuntárias das bochechas, bem como a sensação de pronunciar as palavras de forma diferente. Tudo isto desaparece com o tempo e o uso contínuo da prótese.
É necessário que existam alguns cuidados, tanto na forma como se mastiga os alimentos (mastigar com ambos os lados da boca e de forma pausada), escolhendo no início alimentos mais fáceis de mastigar, bem como ajustar de forma gradual a pronúncia das palavras, falando pausadamente. Uma forma de treino é colar-se em frente a um espelho e aí treinar a dicção.
É importante que examine com frequência os locais onde a prótese assenta, assim se surgirem feridas, ou dores localizadas estas serão tratadas numa fase precoce e de forma eficaz. Estas feridas ou dores, podem significar que a prótese dentária está mal adaptada, e se assim for, é recomendado que visite o Dentista e ou o Higienista Oral logo que possível, pois poderá ser necessário fazer alterações à estrutura da prótese dentária, bem como modificar os cuidados de higiene diários, não só dos dentes naturais, no que concerne ao método da escovagem e utilização do fio dentário e/ou uso do escovilhão interdentário, bem como cuidados a ter com as próteses dentárias.
Para além da limpeza e desinfeção da prótese dentária, como forma de prevenir o aparecimento de fungos e bactérias na prótese, é fundamental fazer a limpeza da cavidade oral.
No caso da pessoa não se conseguir adaptar perfeitamente à prótese, como por exemplo se esta balançar e não aderir a 100%, existem produtos em forma de gel e creme que permitem a fixação da mesma, bem como um aumento do seu conforto. É importante que estes produtos sejam todos os dias removidos durante a correta higienização da prótese.
Qualquer dúvida ou sintoma que surja deve imediatamente consultar um profissional de saúde oral, para que este o aconselhe de forma individualizada e o mais corretamente possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.