Home>BIRD Magazine>DIZ-ME O QUE TENS E DIR-TE-EI QUEM ÉS!
BIRD Magazine

DIZ-ME O QUE TENS E DIR-TE-EI QUEM ÉS!

MÁRCIA PINTO
Apesar da revolução de mentalidades que tem ocorrido ao longo dos anos é ainda notória uma estratificação da sociedade!
Contudo, é importante perceber que todos os aspetos de uma sociedade, economia, política, área social, cultural, etc. – estão interligados. Deste modo, os vários tipos de estratificação não podem ser considerados de forma independente. Por exemplo, as pessoas que têm uma posição económica favorável, normalmente, desempenham posições profissionais valorizadas socialmente.
Assim, existem sociedades em que, mesmo usando toda a sua capacidade e todos os seus esforços, o indivíduo não consegue alcançar uma posição social mais elevada. Nesses casos, é como que se fossem rotulados logo à nascença, independentemente da sua vontade e sem hipótese de mudança. Assim, carrega consigo, para toda a vida, a posição social herdada.
Felizmente, na nossa sociedade, há indivíduos que nascem numa camada social mais baixa e conseguem alcançar, com o decorrer do tempo, uma posição social mais elevada.
No entanto, continuamos a ser mais valorizados pelo que temos do que pelo que somos. As pessoas hoje em dia só se preocupam com o dinheiro e bens materiais, passando para segundo plano os sentimentos do outro. Valorizam mais o físico e a aparência desvalorizando o caráter!
O mundo de hoje infelizmente é um mundo vazio onde falta afeto, respeito, educação, amor…Coisas tão simples que se foram perdendo ao longo do tempo. O individualismo e o egoísmo são a marca dominante do comportamento coletivo. Prevalece o culto do prazer e da satisfação imediata dos desejos. Ser honesto deixou de ser valorizado pois vivemos num tempo em que só os espertos conseguem chegar mais longe!
É importante, não deixar de usar nas nossas vidas a simplicidade e a humildade, que ao contrário do que o que a maioria pensa, não significa ser pobre, mas reconhecer o valor do outro, subir com dignidade e pelo nosso esforço.Precisamos estabelecer critérios pelos quais deveremos pautar os nossos comportamentos.
Neste sentido, os pais e educadores têm papel fundamental, na medida em que devem ser exemplo para os filhos e educandos. Ensinar que vale a pena ser honesto, É inadiável ensinar com palavras e, sobretudo, com exemplos que é importante construir um mundo melhor, mais comunitário e solidário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.