BIRD Magazine

AS UNHAS

FÁTIMA LOPES CARVALHO
Sabe qual a importância biomecânica das unhas?
Durante as consultas de Podologia é muito frequente a observação de distrofias ungueais, sendo muitas vezes o motivo principal da consulta sendo as unhas um anexo da pele que melhor refletem processos patológicos.
As unhas apresentam uma superfície lisa e brilhante, com uma cor rosa avermelhada e de espessura e consistência firmes presa à parte externa dos dedos. A sua estrutura biconvexa forma uma curvatura nítida e observável lateralmente. São constituídas por queratina endurecida com crescimento ao longo de toda a vida; surgindo no feto entre a nona e a vigésima semana de gestação e o seu crescimento completa-se por volta da trigésima semana.
As unhas são assim anexos da pele com função protetora da falange distal, a sua espessura varia entre 0,5mm a 0,75mm e apresenta um crescimento desde a matriz ungueal; de cerca de 0,5mm a 1,2mm por semana; podendo o crescimento ser influenciado por processos patológicos locais e/ou sistémicos.
As unhas apresentam dois aspetos importantes na biomecânica do pé; quer na fase estática quer na fase de despegue do pé.
Ao nível da derme encontram-se recetores de estímulos, sendo assim a unha é uma recetora de estímulos, aumentando esta a superfície de apoio do pé e evita que os tecidos se sobreponham por cima do leito ungueal.
Durante a marcha a unha representa um papel fundamental na propulsão, pois funcionam como alavancas porque aumentam a forma da falange distal e auxilia o músculo flexor a realizar o momento de despegue do solo. Ao mesmo tempo são uma proteção dos tecidos moles para que estes não se sobreponham pela força do solo e invadam a zona da lâmina ungueal o que pode provocar o encravamento da unha.
Será que as unhas são todas iguais?
A resposta a esta questão é NÃO.
Existem tipos específicos de unha que diferem do normal tais como:
· Unha em telha de provença
· Unhas em duplo picado
· Unha em espiral
· Unha em forma de vidro de relógio
Assim o corte ungueal deve ser reto; efetuado com um alicate e os dois extremos da unha devem ficar sempre visíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.