Home>BIRD Magazine>SÓ MAIS 5 MINUTOS
BIRD Magazine

SÓ MAIS 5 MINUTOS

VERA PINTO
Repete a criança ensonada ao chamamento da mãe para a escola. “Trr! Só mais 5 minutos” repete o adulto sonolento ao toque madrugador do despertador.Que atire a primeira pedra quem nunca desejou ter mais 5 minutinhos para ficar na cama, melhor, a que conseguiu controlar aquele sentimento tão forte e incapacitante que nos faz adiar 5 minutos o despertador e dormir sempre mais uns minutinhos, acabando por chegar atrasado ao trabalho ou à escola. Afinal, porque nos custa tanto levantar da cama? Será apenas preguiça ou essa luta diária para cair da cama pode ter motivos científicos? As dificuldades que temos para acordar de manhã podem ser o resultado de muitas causas. Dormir pouco soa mais a sintoma do que a causa, mas de facto, poucas horas de sono não permite ao organismo atingir as fases do mesmo que são verdadeiramente reparadoras. Desta forma inevitavelmente leva a um ciclo de acordar com sono e assim por diante. Horários de sono irregulares afectam o ritmo circadiano e desta forma pessoas que trabalhem em horários não convencionais ou fazem turnos noturnos, como enfermeiros, farmacêuticos e bombeiros, podem estar em desvantagem. Tirar sonecas durante a tarde, tomar café perto da hora de dormir, ver televisão ou mexer no telemóvel na cama são exemplos de alguns comportamentos típicos de quem apresenta uma má higiene do sono. Pessoas que sofrem de apneia do sono, síndrome das pernas inquietas, distúrbios físicos ou psiquiatricos como a depressão podem também ter dificuldades em acordar, uma vez que estas condições atrapalham e/ou desregulam o sono. A não ser que a sonolência matinal seja uma situação pontual e, que ocorra devido a uma causa identificada como um dia mais cansativo, uma sessão de youtube até as 5 da manhã, frio ou calor durante a noite, entre outras, ela deve ser investigada. A prescrição de ansiolíticos disparou de uma forma absurda, a tentativa de aquisição destes medicamentos sem receita assume uma proporção monstruosa e mesmo assim as pessoas continuam com problemas em dormir e, consequentemente em levantar-se e viver o dia a dia com qualidade de vida. Em primeiro lugar é preciso saber se realmente existe algum distúrbio do sono. Algumas pessoas procuram no sono a resposta para os seus problemas. Assim quanto mais dormir menos tempo estará em contacto com eles. Infelizmente, esta está longe de ser a solução para qualquer problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.