Home>BIRD Magazine>FUI A PARIS E JÁ VENHO
BIRD Magazine

FUI A PARIS E JÁ VENHO

RAQUEL EVANGELINA
É a terceira vez que venho a Paris. É a terceira percepção diferente que tenho da cidade. Desta vez apesar de ser em trabalho sei que se estivesses aqui no meu tempo livre a cidade teria um sabor diferente. Sei que eu iria querer rever os monumentos todos a pé e tu irias passar a vida a reclamar que nunca andaste tanto na vida, mesmo tu sabendo que estavas a exagerar. E enquanto eu estaria empolgada a tirar 1500 fotos a tudo, incluindo tu, a tua cara já seria de frete e só pensarias no quão estavas bem descansadinho no hotel a ver televisão mesmo que aqui seja em francês e não percebas patavina do idioma. Se calhar quando chegássemos ao Arco de Triunfo o teu coração teria vontade de gritar “Éder!” e “Portugal” como tantos o fizeram lá no ano passado mas como és bastante racional não dirias nada porque era o que faltava termos que correr de algum francês enfurecido. E quando eu me emocionasse com algum artista de rua já o teu ouvido apurado estaria a decifrar que música sai do acordeão ou a que filme pertence. Sei que aprovarias a beleza e elegância da mulher francesa e eu ficaria um pouco roída por não conseguir ter aquele je ne sais quoi que lhes dá fascínio. E enquanto um café au lait e um croissant numa esplanada seria o meu lanche ideal tu ficarias abismado com o preço e na mesma com fome. Sei que nada disto vai acontecer. De qualquer forma seria engraçado. Eu irei sozinha redescobrir a cidade luz e os seus encantos. E tu não sentirás pena de não o fazeres também. E tens todo o teu direito. Mas apesar de saber que não partilhas o meu entusiasmo por palmilhar mundo digo-te à mesma: “A cidade continua magnífica. O Outono na torre eiffel é cheio de encanto. E o sol a bater no Sena deixa-o cheio de brilho. Daquele brilho bonito. Como tu.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.