Home>BIRD Magazine>CULTURA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA
BIRD Magazine

CULTURA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA

ANTONIETA DIAS
Em pleno século XXI, os conceitos de uma cultura científica e tecnológica, representam um papel determinante na nova forma de viver e pensar do ser humano.
A ciência contemporânea sofreu uma evolução extraordinária, sendo a tecnociência uma revolução pelas vantagens que gerou na cultura cientifico-tecnológica.
Ainda esta semana saiu uma notícia sobre um estudo da empresa Universal Diagnostics, sediada no Reino Unido que revelava que a mesma terá criado um aparelho que permite obter um método de diagnóstico precoce e eficaz para o diagnóstico do cancro do cólon, em que o mesmo pode ser detetado apenas com uma gota de sangue, cujo resultado será obtido em vinte e quatro horas depois.
Segundo a mesma fonte este teste irá determinar entre trinta a quarenta marcadores responsáveis pelo aparecimento desta doença.
Numa publicação da revista Veja, este método de diagnóstico já se encontra na fase final de avaliação, o que permitirá a muito curto prazo obter a informação através de uma simples picada.
Segundo a mesma fonte este novo método de diagnóstico irá conseguir detetar 83% dos cancros do colon e 87% dos pólipos que terão potencialidades para degenerarem em tumores malignos, permitindo assim detetar a doença mesmo antes de esta se manifestar.
A existência de outras investigações paralelas que englobam as ciências químicas, biológica, toxicológica e mecanista complementarão o restante processo de defesa orgânica à agressão, pela possibilidade que têm de desenvolver fármacos que conseguem eliminar os efeitos tóxicos de certas substâncias, minimizando as falhas nos processos de distribuição orgânica de substâncias tóxicas muitas vezes letais.
Existem algumas barreiras orgânicas como por exemplo a membrana hematoencefálica que protege o indivíduo da agressividade de certos compostos orgânicos tóxicos.
Com o avanço tecnológico do seculo XXI conseguimos nalguns casos intersetar o composto agressor antes que ele consiga obter o objetivo controlando o risco.
A necessidade de criar ferramentas que possibilitem a descoberta de antídotos de venenos ancestrais é cada vez mais urgente. Este modelo de investigação representa um contributo essencial para a obtenção de um dos objetivos que os investigadores necessitam para obter confiança e conhecimento, sendo que é cada vez mais premente a implementação nos laboratórios de investigação de modelos in – vitro, preferencialmente usando células estaminais que permitem avaliar os mecanismos tóxicos das substâncias para poderem agir precocemente e minimizar os riscos.
O conhecimento da biotransformação das substâncias é uma mais- valia porque permite uma maior capacidade de resposta produzindo resultados surpreendentes e constitui um enorme desafio para a obtenção de evidências científicas.
Em termos tecnológicos os equipamentos são cada vez mais sofisticados para poderem responder às exigências da investigação do século XXI.
Acresce ainda o estudo genético que estuda a expressão dos genes, que sendo um campo complexo da investigação científica, é um dos instrumentos que permite adaptar e intervir assertivamente de acordo com as características individuais de cada pessoa.
Importa, ainda referir que a sociedade esta cada vez mais exigente de uma resposta científica, transmitida de forma clara, objetiva, credível e segura não só nas questões da saúde, na alimentação e até no ambiente, pois existem aditivos e contaminantes altamente prejudiciais que podem desencadear ou agravar doenças.
A investigação científica tem que ser concluída com fundamentação sólida, de forma a garantir a certeza do risco /beneficio nos resultados obtidos a fim de permitir que a tomada de decisão não suscite dúvidas e que quando aplicada à pessoa permita que ela viva com segurança.
Associada à investigação científica é necessária a complementaridade de uma legislação que regulamente a defesa ambiental e que impeça e controle a introdução no mercado de substâncias com compostos cancerígenos.
Em suma, a comunidade académica desempenha um papel essencial não só na investigação científica e tecnológica como na divulgação da informação dos conhecimentos obtidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.