Home>Em Destaque>ENVELHECER LADO A LADO
Em Destaque Saúde e Vida

ENVELHECER LADO A LADO

 Hoje decidi descrever uma situação que tenho o gosto de observar várias vezes…

Um casal, com cerca de 80 anos; passam (penso que diariamente) de mãos dadas para tomar o seu pequeno-almoço. Seguem lado a lado… companheiros de uma vida. Por várias vezes assisti ele a entrar e a segurar a porta para ela entrar de seguida; ela a sentar-se e a dar-lhe um beijo. Companheiros, amigos, namorados…
 A sexualidade na 3ª idade ainda é um tabu, numa sociedade que vive voltada para a aparência do que é “socialmente aceitável”. Felizmente há aqueles que enfrentam o tabu e evidenciam a alegria de serem um casal, independentemente da idade.
 Mas mais que um casal, vejo uma união… vejo rostos cansados mas felizes… imagino as vivências e experiências partilhadas a dois… penso nos desânimos e partidas que a vida lhes poderão ter pregado, mas que não impediram que sigam lado a lado e de mãos dadas.
 Por norma comem um pão com manteiga e bebem meia-de-leite. Ele lê o jornal, ela vai olhando para a televisão e para as mesas ao redor. Se cruza o olhar (já o cruzou comigo) sorri e acena com a cabeça… Tem um sorriso bonito.
 Hoje vi-o entrar… entrou sozinho… Não trazia ninguém ao seu lado, mas trazia um semblante pesado, talvez cansado!

Parou ao balcão, não se sentou como habitual. Na pastelaria perguntaram rapidamente pela esposa. Respondeu que estava doente, que não tinha passado bem a noite. A funcionário perguntou se era o de costume e ele respondeu “Hoje não. Hoje vou levar o pão e tomar o pequeno-almoço em casa com ela.”

Companheiros de uma vida, companheiros na vida, companheiros no dia-a-dia… Exemplos!

“Mais do que acrescentar anos à vida, a Terapia Ocupacional acrescenta vida aos anos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.