Home>Em Destaque>A HISTÓRIA DO TOM E JERRY
Em Destaque Veterinária

A HISTÓRIA DO TOM E JERRY

O projecto “Um amigo para sempre” iniciado em Janeiro de 2017, conta já com 150 cães adotados, apenas na loja Ornimundo Norteshopping. Maioritariamente estes cães são provenientes da Associação Ajuda Animais em Amarante (AAAA), que tem realizado um trabalho brilhante e são os principais responsáveis pelo sucesso do projecto. Apesar de já ser um número simpático queremos continuar o nosso trabalho e ajudar o maior número de cães possível. Mas no meio de todos estes números há sempre algum cão que a sua história nos marca mais, razão pela qual vou contar a história do Jerry. A Esperança, mais uma cadela cruzada de podengo, abandonada na rua à sua sorte com os seus dois bebés o Tom e o Jerry. Estes dois pequenos foram resgatados pela AAAA. O Jerry arranjou uma casinha, tendo vindo apenas o Tom para a Ornimundo. No dia seguinte recebemos a triste notícia que o Jerry tinha sido “devolvido”. Entretanto o Tom (Pipo) , arranjou um lar. O Jerry ficou numa família de acolhimento temporário (FAT) onde permaneceu durante 4 meses. Ao fim desses 4 meses era necessário arranjar uma casinha definitiva para o Jerry, ele estava a desestabilizar a cadela da FAT. Chegou a hora do Jerry vir para a Ornimundo, mas passaram-se 3 semanas e ele não arranjou um dono. Três semanas consecutivas é o tempo máximo para estar exposto em loja. Mas o Jerry era um bom menino, o abracinhos como ficou conhecido adorava estar ao colo e receber mimos, merecia mesmo uma casinha. O abrigo já estava lotado, o que seria dele?

Para ganhar mais algum tempo ele ficou na clínica para recuperar da castração. Eis que já estando castrado, arranja uma casinha, parecia que tinha chegado o final feliz desta história. Mas, infelizmente 2 dias depois foi mais uma vez “devolvido” pois não se adaptou ao novo companheiro canino. E mais uma vez o abandono, o nosso medo de não conseguir arranjar uma casinha definitiva e cheia de amor para o abracinhos. Uns 3 dias depois aparece um casal novo, simpático e com muita vontade de adotar um cão que não fosse muito grande e que fosse meigo e “filho único” … era o Jerry. Foi amor à primeira vista e o Jerry finalmente encontrou a sua família. Tanto o Pipo como o Max (Jerry) visitam-nos regularmente e estão os dois muito felizes com as suas famílias. Obrigada aos adotantes que receberam e tratam tão bem os nossos meninos. E ainda hoje o Max quando nos visita salta para o colo para nos dar um abracinho e sabe tão bem… é tão recompensador… é um sentimento de dever cumprido. Mas estão a perguntar-se o que aconteceu à Esperança, esta pequena foi resgatada pela AAAA e encontra-se no abrigo onde os voluntários a tratam e enchem de mimos… mas quem sabe não está alguém desse lado interessado em dar uma casinha à Esperança. E porque uma imagem vale mais que mil palavras, fica as fotos do Tom e do Jerry.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.