Home>Em Destaque>BIRD MAGAZINE DEU-ME ASAS PARA ESCREVER
Em Destaque Mundo

BIRD MAGAZINE DEU-ME ASAS PARA ESCREVER

Quando o Ricardo Pinto me convidou para escrever na Bird Magazine em Outubro de 2016, recomendado pelo meu amigo Miguel Teixeira, coincidência ou não, estava naquela fase em que pretendia escrever crónicas com regularidade.

Escrever um artigo com a regularidade quinzenal é um desafio e que tem consumido uma boa parte do meu tempo. Quando termino um artigo, já estou a pensar no tema do próximo e vou registando as várias hipóteses no meu bloco de notas. A minha expectativa e exigência nos meus artigos são sempre muito elevadas. Pesquiso muito sobre os possíveis temas e antes de decidir qual será o assunto que vou tratar, troco impressões com alguns amigos, de forma a que consiga ter percepção dos temas de vários prismas. Por norma a decisão do que vou escrever é feita dois a três dias antes da entrega do artigo. Depois, “mergulho” o mais fundo que posso no assunto que irei escrever, tentando sempre fundamentar as minhas opiniões com factos. Ao terminar o artigo fico sempre com a sensação que cresci com o artigo, mas ao mesmo tempo com uma sensação que poderia ter ido mais além. É como se o caminho que percorri, afinal não tem fim. E é verdade a escrita nunca tem fim! Mas é preciso terminá-lo, não só porque o artigo tem que ser enviado, como também tem que ser lido. É preciso ser pragmático e escrever com conteúdo, mas ser sucinto.

A Bird Magazine é uma revista online que todos os dias produz inúmeros artigos de grande qualidade, sobre os mais variados temas e formas de escrita. Deu-me a oportunidade e a outros cronista de usar O PODER DAS PALAVRAS e amplificar a nossa voz. Leio muito dos artigos e sente-se o gozo que cada um dos meus colegas teve ao escrever o artigo. Aprendo muito quando os leio.

O feedback que tenho recebido, não podia ser melhor. São muitos os artigos que escrevo que geram um debate vigoroso na minha página do Facebook. Acho que uma revista neste formato tem futuro e conjugado com lançamento de livros de bolso, como aconteceu no ano passado este é definitivamente um projecto muito promissor.

Estou certo que a Bird Magazine me proporcionará momentos de muito gozo, satisfação, aprendizagem e quinzenalmente oferece-me as ASAS PARA ESCREVER.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.