Home>Economia>O POUSO DAS PALAVRAS, O VOO DAS OPINIÕES
Economia Em Destaque Mundo

O POUSO DAS PALAVRAS, O VOO DAS OPINIÕES

Quando o Ricardo Pinto me contactou para ser cronista da sua revista online, facto que muito me orgulhou, aceitei logo de seguida. Basicamente, por duas razões. A primeira foi pela ideia. Um sítio online, de seu nome BIRD, um pássaro que sem as amarras do papel pudesse voar, para chegar mais longe graças às novas tecnologias da informação. Em segundo lugar, mas não menos importante, uma coisa que o Ricardo pediu, era uma revista onde o cronista tivesse liberdade de expressão. Liberdade essa que se estendia à escolha dos temas. Cada cronista podia falar do que lhe ia na alma. E eu, que já escrevo há alguns anos, sobretudo de temas económicos, tinha agora o meio para poder ir mais longe, tal como o pássaro.

É claro que, vindo da área da economia como formação e da educação por vocação, são estes os temas onde me sinto mais à vontade para dar azo à minha criatividade e inovação. Procuro sempre falar dos temas numa linguagem o mais acessível possível, fora do léxico complicado dos economistas por exemplo, numa combinação de democratização da cultura com democracia cultural onde todos são participantes.

Não me vou alongar muito mais. Só quero agradecer ao Ricardo. Pela oportunidade que me concedeu. Sinto-me grato por ser uma das pessoas da sua confiança. Por me deixar dizer aquilo que me vai na alma, soba a forma escrita. Por me deixar desabafar, por me deixar sair do espartilho criativo, por me deixar ter um gozo tremendo em escrever, por pôr em comum com as pessoas, afinal essa a origem da comunicação. Quero agradecer a paciência do Ricardo, ou porque me atraso na entrega dos artigos, ou porque não vão com a formatação requerida. Quero dizer ao Ricardo – obrigado – que a tua BIRD Magazine possa continuar a ser o lugar onde um conjunto cada vez mais vasto de pessoas possa pousar as suas palavras para que as suas opiniões possam continuar a voar por aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.