Home>Arte>DIA MUNDIAL DA POESIA
Arte Em Destaque

DIA MUNDIAL DA POESIA

Além de se comemorar o Dia Mundial da Árvore e da Floresta, comemora-se também o Dia Internacional do Síndrome de Down e o Dia Mundial da Poesia.

Puxando a “brasa à minha sardinha”, diria que não haverá casamento tão perfeito como o que existe entre a Poesia e a Música. Há, até, quem diga que a Poesia é a Música das Palavras!

Não podia estar mais de acordo. Talvez por isso, na minha modesta opinião, haja tantos músicos que se queixam que é difícil fazer música em Português. Porque tão importante como a melodia, é preciso respeitar a palavra. E para respeitar a palavra, é preciso respeitar a língua, coisa que uma grande maioria dos que escrevem em Português não faz. É recorrente encontrarmos temas (mais ou menos conhecidos) que não respeitam a prosódia das palavras, num claro desrespeito pela Língua Portuguesa. Dispenso-me de dar exemplos devido ao elevado número de candidatos!…

Claro que podemos sempre alegar que quem deveria ser o maior garante da mesma, acabou por não o ser ao validar um “Acordo Ortográfico”, motivado por interesses que parecem ser de índole meramente comercial. Curiosamente, o mercado onde se pretendia investir com o dito “Acordo”, mandou o mesmo para as urtigas tendo adiado a sua implementação para as calendas gregas. Mais curioso, ainda, é que o respeito pela nossa cultura e a nossa identidade que é a Língua que falamos, esteja a proporcionar a artistas como a Carminho ou o António Zambujo, uma afirmação clara e consistente no mercado brasileiro. Apenas para citar dois exemplos…

Seja como for, também não é difícil de encontrar aqueles que em verdadeiros hinos ao bom gosto, transmitem mensagens plenas de conteúdo e intenção na música que fazem, ao mesmo tempo que proporcionam o merecido eterno descanso a Camões, Pessoa, Ary e tantos outros.

Hoje, especialmente, ouça música em bom Português. Ouça Sérgio Godinho, ouça José Afonso, ouça José Mário Branco, ouça Jorge Palma e tantos outros que nos fazem voar nas palavras e nas melodias. Ouça-os e absorva a maravilhosa vitamina D que este magnífico dia de sol nos está a proporcionar.

É exatamente isso que eu vou fazer disfrutando deste magnífico poema de Dolores Duran, musicado pelo enorme Tom Jobim, numa interpretação sublime de Carminho e Marisa Monte! O Português no seu melhor, na “Estrada do Sol”!!!

https://www.youtube.com/watch?v=9zI7YZXPyHo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.