Home>Cidadania e Sociedade>A IMPORTÂNCIA DA FÉ
Cidadania e Sociedade

A IMPORTÂNCIA DA FÉ

Numa semana em que milhares de pessoas rumam até Fátima, com o intuito de cumprir as suas promessas, para agradecer algo ou simplesmente para visitar o local, achei pertinente questionar o porquê de tantos sacrifícios?! Mas penso que tudo se resume a uma palavra: FÉ!

O facto de acreditarmos que existe algo superior à matéria humana é o que nos diferencia dos restantes animais, quer seja um Deus, um espírito ou qualquer uma outra “coisa“.

Assim, independentemente da existência de qualquer rótulo religioso, a fé num futuro melhor é fundamental para que as pessoas não se sintam tão oprimidas pela rotina e pelas dificuldades que têm que enfrentar no seu dia-a-dia.

Neste sentido, o pensamento positivo é extremamente importante para quem pretende atrair coisas boas para a própria vida pois, enfrentar a vida e os problemas com otimismo poderá fazer toda a diferença quando temos de lidar com problemas mais graves.

Contudo, isso não está relacionado com a religião escolhida por determinada pessoa, mas na forma como essa pessoa enfrenta os desafios, sejam eles de ordem emocional, física ou espiritual.

Deste modo, existem algumas pesquisas que comprovaram os efeitos benéficos da fé na saúde humana.

Assim, é preciso que o paciente acredite que a cura vai acontecer, para que realmente aconteça. Nesse caso, a fé nesse “Ser superior“ é, por vezes, tão forte, que acaba por ser o suficiente para o sucesso do tratamento ministrado.

Deste modo, quando aparece uma dificuldade, devemos tentar manter a calma e colocar o nosso foco na solução e não no problema, pois essa postura poderá ser a diferença entre o sofrimento e a aprendizagem.

No entanto, há algumas situações que são tão complicadas que é difícil não perder a esperança, mas é preciso ter em mente que nenhum problema, por pior que seja, é para sempre. Esse pensamento, aliado à força de vontade para ultrapassar o sofrimento, é o que nos dará a força necessária para seguir em frente, mesmo que o amanhã nos pareça incerto.

Em suma, é relevante para a nossa existência cultivar a fé, o otimismo e a esperança, que não dependem da igreja que frequentamos, ou na qual acreditamos, mas sim da nossa postura perante a vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.