Home>Cidadania e Sociedade>DIA MUNDIAL DA INTERNET
Cidadania e Sociedade

DIA MUNDIAL DA INTERNET

A informática veio revolucionar o mundo. Desde o meu primeiro “Personal Computer (PC), um Timex Computer 2068, a evolução foi enorme. Com ele ligado à televisão e ao gravador de cassetes, com o programa (na cassete) da Tabela Periódica e depois de muitos “piiiii`s,” fazia “milagres” em sala de aula, onde tudo era estranho para os alunos mas altamente motivante! Obviamente que os PC`s evoluíram (hardware), assim como os programas (software). Quem não se lembra dos jogos rudimentares com pouca qualidade gráfica que já faziam as delícias de jovens e adultos? Contudo, foi a chegada da Internet que veio mudar (para o utilizador comum) drasticamente a utilização do PC. Esta, surgiu há 49 anos atrás, nos EUA, fruto de um projeto do Ministério da Defesa, a Arpanet (Advanced Research Projects Agency Network). Mais uma vez, se verificou que muita da tecnologia acessível a todos nós é proveniente da investigação para fins militares! Só em 1983, surgiu a Internet “civil” tendo-se popularizado a partir de 1990.

Muitos de nós ainda se lembram da sua primeira ligação à Internet, através da Telepac, com um “modem” que “piava” toda a noite e cuja velocidade se arrastava enquanto os custos da ligação se acumulavam!

Aliás, a Internet tornou-se tão importante que qualquer dispositivo, não informático que pudesse aceder a ela, adotou o nome de “Smart”, vejam-se os telemóveis e as televisões!

Em termos pessoais, sou um “navegador perfeito” e defensor acérrimo da Internet!

Desde os primeiros amigos virtuais via Mirc, Paltalk,  o primeiro email,   a pesquisa no Altavista, … a Internet  tornou-se efetivamente  um mundo cheio de novas possibilidades!

Muitos criticam a Internet pelo que lá se pode encontrar!  Ela é, curiosamente o “espelho” da sociedade real. A questão estará sempre no uso adequado do livre arbítrio! A pergunta será sempre: – Afinal o que procura?

Hoje, graças às muitas centenas de “donwloads”  de livros, teses de mestrado, de doutoramento,  às inúmeras relações sociais positivas que criei, às músicas e palestras que ouvi,… só posso estar grato a todos aqueles que o tornaram possível.

Afinal, a nossa “aldeia global” é bem pequena! Do outro lado do mundo estão no seu PC seres humanos, tal como nós (familiares ou não), com os seus problemas, suas alegrias e tristezas, seus dias felizes e infelizes e que, tal como os nossos amigos de “carne e osso,” também precisam de desabafar e ouvir uma palavra de incentivo, de compreensão e, quem sabe, de ler um livro interessante (em pdf), para despertarem dessa inércia e se motivarem a “saber” Viver. Afinal, onde existe um ser humano, existe sempre a possibilidade de construir pontes, laços de amizade, aprender e ensinar, enriquecer-se mutuamente, independentemente da tecnologia utilizada. Se o mundo real influencia o mundo virtual, este também influencia o mundo real. Pela construção de um mundo virtual mais feliz e que este se manifeste nas ações reais de cada um!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.