Home>Mundo>POETA E ESCULTORA EXILADA EM PARIS
Mundo

POETA E ESCULTORA EXILADA EM PARIS

Isabelle Meyrelles, nasce em 1929 em Matosinhos. Desde jovem torna-se uma apaixonada pela escultura e vai viver para Lisboa, onde vai encontrar Mário de Cesariny, poeta e pintor e Cruzeiro Seixas, artista, pintor e poeta. Isabel Meyrelles descobre e assiste ao nascimento do movimento suréalista português em Portugal. Pertence ao grupo intelectual do Café Gelo em Lisboa.

Não contente da vida de artista em Portugal, em 1950 exila-se em Paris, onde vai seguir cursos de escultura École Nationale Supérieure des Beaux-Arts, Escola Nationale Superior das Belas Artes (École Nationale Supérieure des Beaux-Arts) e de literatura na (Université de La Sorbonne), Universidade da Sorbonne. Isabel Meyrelles faz parte do movimento surealista francês e português em Paris, com André Breton, Anne Ethuin, Cruzeiro Seixas Eugénio de Andrade e Natália Correia. Em poesia, Isabel Meyrelles, publica em 1951 (Em Voz Baixa), em 1954 (Palavras Noturnas) e em 1971, Antologia da poesia portuguesa (Anthologie de poesie portugaise).

Tem editado em Portugal as suas poesias. Considera-se mais uma escultura que uma poetisa.

Foi tradutora em francês de várias obras do escritor Jorge Amado.

Expôs quase em toda a Europa e América do norte em exposições coletivas ou individuais.

Em 2012, Isabel Meyrelles participa na tradução em francês da poesia brasileira, num livro em bilingue; (Anthologie Bilingue du XVI au XX siècle) Antologia Bilingue do século XVI até au século XX. Até esta data, não existia em França nenhuma antologia de poesia brasileira traduzida em francês.

O Estado português decidiu conceder-lhe uma condecoração (Comendadora da Ordem de Sant’Iago da Espada) que consagra a sua figura de intelectual e o conjunto da sua obra.

A condecoração foi atribuída pelo Presidente da República Aníbal Cavaco Silva, a 10 de junho de 2009, à escultura Isabel Meyrelles que reside em Paris desde os anos 50. A cerimónia de entrega desta condecoração teve lugar na Embaixada de Portugal em Paris no dia 11 de dezembro pelas 18 horas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.