Home>CULTURA+LITERATURA+FILOSOFIA>A VIDA É FEITA DE EMOÇÕES E SENTIMENTOS
CULTURA+LITERATURA+FILOSOFIA

A VIDA É FEITA DE EMOÇÕES E SENTIMENTOS

As emoções são essencialmente impulsos para agir que conduzem à ação; são o motor do comportamento humano. Etimologicamente a palavra emoção deriva do latim «emovere», que significa «pôr em movimento». São as emoções que nos fazem pensar, falar, agir, sonhar, chorar, sorrir.

As emoções habitam no nosso subconsciente e produzem-se de forma automática. Elas são a resposta do nosso interior perante situações críticas, sobrepondo-se a todos os processos e tiranizando as faculdades da mente racional tornando-se dominantes. São as emoções que nos fazem criar falsas expetativas, sonhos e ilusões, por isso é que elas fazem enviesar a realidade, comprometendo o nosso discernimento e a nossa capacidade de julgamento. Ficamos com a inspiração silenciada, quando um turbilhão de emoções desabrocha em nós.

As emoções são reações desencadeadas por acontecimentos ou situações imprevistas, que são objeto de uma avaliação marcada pelos instintos e fortemente influenciada pela não-racionalidade. A emoção é um estado afetivo intenso, complexo e temporário, que sofre a influência de certas exaltações internas ou externas.

O sentimento é um estado mais durável que a emoção e surge revestido de intelectualidade e racionalidade, de entendimento e compreensão desempenhando um papel importante na nossa vida. É ele que origina os nossos pensamentos e aciona as nossas ações. Toda a ação criativa é decorrente de um sentimento.

Os sentimentos já vivenciados habitam no nosso consciente e são eles que nos fazem crescer, evoluir, superar, expandir. Podemos sentir mais do que um sentimento ao mesmo tempo e até podemos nos sentir confusos sobre quais são os nossos sentimentos. Existem muitos e variados sentimentos que nos fazem sentir tristes; alegres; preguiçosos; invejosos; irritados; culpados; maravilhados e também há sentimentos que nos fazem crescer como o amor e o sofrimento, mas também há sentimentos, como o medo, que nos fazem praticar atos infantis.

O sentimento é a linguagem que o coração usa quando precisa mandar algum recado. Desenvolve-se no teatro da mente e origina em nós um turbilhão de coisas que não conseguimos descrever, um turbilhão de mágoas que surgem às catadupas, um turbilhão de pensamentos e sensações, um turbilhão de sentimentos misturados, muitas vezes, pelo amor, ódio e raiva.

A vida é feita de emoções e sentimentos, mas também de sonhos, desilusões, alegrias, incertezas, lutas, derrotas e vitórias. Neste mar de sentimentos onde a vida é trazida à tona há um turbilhão de sentimentos confusos contraditórios e nefastos, que baralha a nossa mente e está em permanente ebulição no nosso coração correndo nas nossas artérias e poluindo a nossa alma.

É uma montanha russa de emoções que vivemos ao ver um filme, a ler um livro, a viajar, a respirar, a amar, a viver a vida. Há momentos na vida que devemos permitir que o silêncio fale ao coração, pois há sentimentos que a linguagem não sabe expressar e há emoções que as palavras não conseguem traduzir.

Deixemo-nos encantar pela vida, permitindo que ela mergulhe no oceano de emoções e sentimentos que existe dentro de nós. A vida é para ser vivida. Intensamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *