Home>CULTURA+LITERATURA+FILOSOFIA>A IMPRECISÃO DE ALGUNS DIAS…
CULTURA+LITERATURA+FILOSOFIA

A IMPRECISÃO DE ALGUNS DIAS…

Quantas são as vezes que nos sentimos impotentes no meio dos muitos acontecimentos que, diariamente acontecem nas nossas vidas? Certamente que todos, e cada um de nós, já passou por esta experiência. O dia amanhece e mesmo que esteja sol, parece que não conseguimos atravessar as nuvens escuras que pairam sobre as nossas cabeças… E a nossa mente dá voltas e mais voltas á procura de uma solução que parece não existir!

Ninguém controla o que sente, em determinados momentos ao longo dos dias… Sente e pronto! Contudo, podemos e devemos, lutar contra essa sensação de “que raio, é isto a vida? É isto que quero para mim?”. E se conseguirmos responder à questão, certamente também conseguiremos sair desse estado de apatia, desse “reme que reme” que não leva a lugar algum. É então urgente e necessário levantar a cabeça, olhar a vida de frente… Enfrentá-la! Até porque se não o fizermos, aí sim teremos um problema à séria, pois chegará uma altura em que não teremos força para lutar contra o nosso próprio desânimo, porque nos teremos deixado arrastar por ele!

 Sim, a vida é repleta de momentos inesperados. Porém, são exatamente esses momentos que nos fazem crescer como pessoas, porque é nesses exatos momentos que precisamos desafiar a nossa capacidade de lutar para sair desse marasmo que nos aprisiona a alma. Fácil? Quem disse que a vida é fácil?! Mas a imprecisão dos dias nada mais é que o “grito de alerta” que algo tem que mudar na nossa vida, mais concretamente, na forma como a vivermos… Como tal, pés ao caminho que o tempo não espera!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.