Cultura, Literatura e Filosofia

MUDAR

Como seres humanos, somos presenteados com desafios diários que trazem sempre algo de novo a nós, isto se deixarmos…

Se olharmos para nós como um todo, reparamos que, na sociedade em que estamos inseridos, gostamos de ser “iguais” para não sermos diferentes. Fazemos coisas que normalmente não faríamos “sozinhos” só porque os outros fazem. Em qualquer grupo, tem que existir sacrifícios, uns têm que se adaptar aos outros, penso que todos compreendemos isso, mas até que ponto é que deixamos de ter uma identidade própria só para poder ser inseridos de igual para igual com outra pessoa?

Pois bem, estas são as situações que temos de aproveitar para desenvolver aquilo que queremos ser, não o que os outros desejam que fosse a nossa forma perfeita… Estes desafios diários, devem servir para procurarmos evoluir, para errar, para aprender e para mudar.

Mas agora pensam vocês: Mas quer dizer, anda este indivíduo a dizer que não devemos seguir o que outros fazem, ser o que somos e agora está a dizer que devemos mudar? Não diz coisa com coisa.

Sim, nem sempre digo coisa com coisa, mas esta é uma ideia algo complexa e devo-vos uma explicação mais concreta. Claro que aquilo que somos vai ser sempre afetado por tudo que se passa em nosso redor, o pais em que estamos inseridos, a nossa família, os nossos amigos, a nossa educação, enfim, poderia enumerar uma infinidade de coisas que nos moldam. Contudo, não devemos deixar que o Mundo nos diga o que temos de ser…

Todas as experiências, todos os bons e maus momentos, tudo o que gostamos e odiamos, essas são as coisas que nos devem definir. Aprender com o que achamos que fizemos de errado, ver o bom do mundo em nosso redor e tentar ser aquilo que queremos. Isso é o que temos de fazer, sem receios, sem ter medo do que os outros vão dizer. Desse modo, seremos felizes, seremos completos e vivemos de acordo com o que desejamos e só aí a felicidade será plena.

Mudar de uma forma consciente é fundamental para o nosso crescimento, mudar porque nos obrigam, é perder tudo o que faz de nós especiais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.