Home>Lifestyle>A IMPORTÂNCIA DA IMAGEM PESSOAL NA SOCIEDADE ATUAL
Lifestyle

A IMPORTÂNCIA DA IMAGEM PESSOAL NA SOCIEDADE ATUAL

IMAGEM (do latim: imago) é a representação visual de uma pessoa ou de um objeto. Na antiga Grécia Platão considerava a ideia da coisa, a sua imagem, como sendo uma projeção da menteAristóteles considerava a imagem uma aquisição pelos sentidos, a representação mental de um objeto real, fundando a teoria do realismo. A controvérsia estava lançada e chegaria aos nossos dias, mantendo-se viva em praticamente todos os domínios do conhecimento.

Desde a história de Narciso, da Mitologia Grega, até os nossos dias a visão mais importante sobre si, talvez seja a da própria auto imagem. A imagem pessoal é a visão que se tem de si mesmo, levando em conta vivências passadas, experiências, expectativas futuras e que se tenta passar aos outros, mesmo que seja de maneira inconsciente.

A busca da imagem pessoal ideal (bela) intensificou-se depois dos anos 80, com o crescimento da indústria da cosmética, da proliferação de ginásios, clínicas de estética e com grande estímulo por parte da indústria da moda e da comunicação social, que incentivam a adoção de certos estilos e a construção de uma imagem pessoal segundo os padrões “impostos”.

Mais de 50% dos consumidores ocidentais está altamente consciente da importância do aspeto físico na vida quotidiana em termos de felicidade, vida social e profissional.

A imagem pode definir-se como a “conceção mental” que se cria de uma pessoa ou marca, ou seja, a imagem é um conjunto de “crenças” que temos sobre alguém ou qualquer coisa. Pode ser o resultado da impressão com que ficamos quando conhecemos um individuo pela primeira vez, ou a opinião que fazemos de alguém ou de uma entidade ao longo do tempo.

A imagem de um individuo consiste numa múltipla variedade de fatores, entre os quais o vestuário, o tom da voz e inflexões vocais, o vocabulário,   as expressões faciais, a expressividade do olhar, gestos e comportamentos sociais.

Do impacto que a imagem exerce nos outros, a primeira impressão retida  baseia-se 55% na aparência física e ações(atitudes); 38% deve-se à entoação da voz com que se comunica, e apenas se presta atenção a 7% do que é dito e nas competências intelectuais.

Queiramos ou não, ao nos defrontarmos com a aparência de uma pessoa, retemos, em poucos segundos, informações significativas (algumas subjetivas, outras mais visuais): idade, gênero, raça, religião, nível sócio econômico, status, nível de sucesso, entre outras. Da mesma forma, inúmeras emoções e sentimentos são projetados ou inspirados nesta imagem que vemos:  simpatia, antipatia, desejo, rejeição.

A moda e o ser humano são inseparáveis na sua maneira de se apresentar  e de se pronunciar. Estão intrinsecamente ligados na composição da imagem pessoal.

O vestuário posiciona-se diretamente entre o individuo e o mundo externo, e é também vital para as intenções da comunicação, em diferentes níveis: do ponto de vista do interlocutor torna-se o vetor mais potente dos símbolos relacionados com a aparência e a identificação da classe social e do estilo de vida, do reconhecimento da posição hierárquica ou da simples pertença a um grupo.                                                                                   Funciona também como uma espécie de interface entre o ser interior e exterior e dele emanam ideias, sentimentos e conceitos elaborados pelas pessoas que criam representações a partir de perceções distintas de si ou por outros. Podem-se construir diversas identidades para estar mais próximo do que se quer ser ou parecer ser.

A imagem que mostramos aos outros torna-se vital.  Ela antecipa-nos sempre, para além de qualquer forma, real e direta, de comunicação. Nem sempre conseguimos traduzir de forma positiva as nossas intenções, apesar de frequentemente, incutirmos alguma distorção e alteração da mesma. Este “risco” pode, nos piores casos, arruinar (por vezes irremediavelmente) as nossas expectativas futuras relativas a um determinado encontro ou evento social.

Não podemos subestimar este poder ligado á imagem. Devemos, antes, aprender a dominá-lo, a utilizá-lo a nosso favor, a saber construir a imagem que desejamos e que transmita a mensagem que pretendemos, de modo a que seja parte integrante de um percurso para alcançar os objetivos comunicativos que estabelecemos.

Mas se aceitamos o facto que através da imagem “comunicamos”, temos  a certeza de saber exatamente o que estamos a comunicar? A imagem que projetamos fala “por nós”?

Sabemos que, apesar das imagens que os meios de comunicação nos tentam “impingir”, não existe uma imagem  ideal, mas esta deve ser projetada em conformidade com a realização dos projetos pessoais e profissionais que se pretendemos atingir.

A nossa identidade é constituída pelo exterior e o interior da nossa imagem. O dar forma á imagem é, precisamente, o passar da identidade á pessoa, dando então “vida” ás nossas ideias.

Constituindo-se como um veículo de informação poderoso, a Imagem pessoal deve ser usada estrategicamente, de forma coerente e de acordo com os valores de cada um. Atitude, credibilidade e coerência na comunicação visual e verbal são requisitos essenciais a uma imagem de sucesso. Assim, melhorar, controlando positivamente a impressão que transmitimos, é um ativo que devemos analisar, desenvolver e rentabilizar de forma adequada e sensata.

Há que ter em mente que uma imagem coerente e diferenciada vai permitir, para além de um aumento da auto estima e da auto confiança, um reconhecimento de valorização pessoal por parte dos outros, tanto na vida pessoal e social, como na vida profissional.

Construir uma Imagem alinhada com a personalidade de cada um e com os seus propósitos de vida torna-se vital na sociedade atual. E todos podemos “manipulá-la” a nosso favor, através de atitudes e ferramentas adequadas.

“A coerência entre o ser e o parecer contribuem para gerar uma imagem mais eficaz e influente” (G.Kalil)


One thought on “A IMPORTÂNCIA DA IMAGEM PESSOAL NA SOCIEDADE ATUAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.