Home>Lifestyle>ONDE PÁRA O BOTÃO DA EDUCAÇÃO?
Lifestyle

ONDE PÁRA O BOTÃO DA EDUCAÇÃO?

Hoje, fui almoçar a um cafezinho que serve umas refeições muito “simpáticas”  e saborosas.
Já é hábito lá ir quando vou trabalhar para aqueles lados.
Estava cheio e pedi licença, para me sentar, a uma senhora  que estava numa mesa sozinha.
Fiquei radiante ao saber que havia sopa de nabiças,  a qual acompanhei com a “sandocha” de frango (que também já é minha conhecida) e um valente copo de sumo de laranja natural.
O problema de sítios bons é que atraem muitas pessoas, logo,  havia algum barulho considerável.
Gosto muito de aproveitar os meus almoços “sozinha” para conversar comigo. Tarefa que hoje foi impossível.
Na mesa ao lado estavam três senhoras, onde uma se destacava pelo elevado tom de voz  e pela má educação:
Passou a hora de almoço a fazer queixa de pessoas, até da sopa se queixou, que supostamente (digo eu) teria vindo trocada (também queria nabiças mas veio de feijão verde). Só não se queixou à menina a quem fez o pedido – ou seja: à única à qual justificaria fazer a reclamação, sendo ela válida.
Depois da senhora ir à vidinha dela (ufa!), pensei nas nossas crianças e adolescentes, aos quais se nota uma crescente “deseducação”  e em como acabam por ser vítimas da descordenação social dos graúdos.

Na segunda-feira vi o filme “guerra dos botões”, acho que os nossos adultos (com um apelo especial aos políticos) deveriam ver todos esse filme, para se lembrarem das crianças que já foram, para se ilucidarem e reaprenderem a ser educados.
As crianças também deveriam   ver para terem ideia de como é genuinamente divertido ser criança , e como ter regras é fundamental na nossa formação como cidadãos.

Resumindo:
Daria uma valente guerra de botões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.