Home>Lifestyle>ADAPTAÇÃO OU NÃO? EIS A QUESTÃO
Lifestyle

ADAPTAÇÃO OU NÃO? EIS A QUESTÃO

Interessante como a vida dá tantas voltas, mas mais interessante ainda é a nossa capacidadde de adaptação.

Seja por instinto de proteção, por revolta ou por imposição acabamos por, na maioria das vezes, adaptarmo-nos a uma realidade que outrora nos parecia absurda ou que nem sequer conseguia lugar na nossa imaginação.
É esta a capacidade do ser humano: a reação e a adaptação às imposições da vida. E é bem melhor que te adaptes do que resitir.
Resistir não é sinónimo de vencer. E adaptar não é sinónimo de desistir.
Que mal tem adaptar e assumir uma nova estratégia de vida?
Até pode ser que, nessa vida louca que vives, absorvido por tudo e por todos, um dia leves uma valente bofetada da vida e tenhas que acordar.
Até pode ser que aprendas coisas novas, diferentes.
Até pode ser que te venhas a conhecer melhor…
E, melhor ainda, por muito difícil que te pareça agora, até pode ser que venhas a gostar da nova realidade. Que aprendas a inspirar o ar em vez de apenas o respirar. Que sintas a folia de uma verdadeira gargalhada. Que consigas apreciar o que é simples.
Com a mocidade vamos conquistando muita coisa e, com o passar do tempo, vamos vivendo com o acumular de experiências, de vivências e acabamos por enverdar por um caminho. Como se só houvesse um caminho…
Mas, se escolheres parar e verificar as tuas opções, talvez um dia concluas que bom foi olhar para o lado…. ver outros destinos. Usufruir de outra forma de estar, de ser.
Não é fácil fazê-lo porque além de nos agarrarmos à realidade que construimos, sentimos uma falsa e imaginária segurança.
A mudança implica coragem! Implica esforço, e até sofrimento…
Mas a mudança, quer seja escolhida quer nos seja imposta, é também uma oportunidade.
Aproveita! Tudo tem um lado positivo.
Pára! É algo que a vida te permite mas o tempo não.
Sente! Mas de verdade e profundamente.
E ama! Primeiro a ti e depois a quem o merece.
Aprende! A ignorar o que não faz mal e a apreciar o que te faz bem.
E por fim: Conquista momentos de felicidade! Porque a felicidade não passa de um conjunto de momentos. E se não tivesses momentos maus, se a vida não te fizesse tropeçar, nunca conseguirias saborear a felicidade dos bons e verdadeiros momentos.
Afinal, talvez o caminho da felicidade esteja perto e se conquiste da forma mais simples..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.