Saúde e Vida

RÓTULA

A articulação patelofemoral é uma articulação com baixo grau de congruência, suscetível à instabilidade e desalinhamento.
A origem da instabilidade patelofemoral é complexa e resulta da associação de vários fatores. Na instabilidade patelar verifica-se o desvio parcial permanente da rótula e episódios e episódios de luxação da mesma.

O principal sintoma é dor, que agrava com declives (rampas ou escadas) e com o joelho dobrado durante bastante tempo. Outro sintoma comum é a sensação de instabilidade global do joelho, com a rótula demasiado “solta”.

O Fisioterapeuta intervém nesta patologia em diferentes fases, dependendo do grau em que se encontra. Os objetivos globais da intervenção passam pelo reforço muscular do membro inferior (principalmente do quadricípites) e pela melhoria da propriocepção. Naturalmente, uma intervenção preventiva tornará menos provável a ocorrência de episódios de luxação, com dor aguda e impotência funcional absoluta.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.