Home>Cidadania e Sociedade>CRIANÇAS CANHOTAS E A ESCOLA
Cidadania e Sociedade

CRIANÇAS CANHOTAS E A ESCOLA

A educação de qualquer criança é um grande desafio. Mas as crianças canhotas necessitam de atenção especial e de material escolar específico para facilitar o processo de aprendizagem. Um grande número de famílias tem crianças canhotas. Embora seja mais raro encontrar uma pessoa cuja mão dominante seja a esquerda, a verdade é que praticamente em qualquer sala de aula, em qualquer parte do mundo, existe pelo menos um canhoto na turma de alunos. 

Ser esquerdino por si só não afeta o percurso escolar dos alunos, muito menos o seu sucesso a médio e longo prazos. No entanto, só muito recentemente é que as crianças canhotas começaram a ser tratadas como iguais às destras. Até a década de 1970, muitos professores tentavam corrigir as crianças canhotas, forçando-as a usar a mão direita. Hoje em dia essas estratégias educativas foram praticamente erradicadas, e ainda bem – os educadores respeitam a tendência natural da criança para usar mais o braço direito ou o esquerdo, e, de igual modo, já é possível aos canhotos terem acesso a materiais escolares adaptados. 

As crianças canhotas, por vezes, têm dificuldades específicas ao aprender competências básicas, como a escrita, por exemplo, sobretudo se usarem as ferramentas erradas. Nem sempre o material para crianças canhotas está tão à mão, simplesmente porque a maioria da crianças é destra. Como se trata de material que muitas vezes é partilhado, isto agudiza um pouco o problema. Mas isto pode ser facilmente ultrapassado com alguma atenção por parte do corpo docente, do staff da escola, e mesmo da família, lá em casa. Como resultado de muitas vezes não terem acesso a material concebido para si, as crianças canhotas acabam por desenvolver uma adaptabilidade extra, que muitas vezes se traduz mesmo na ambidestria. Mas também existem consequências negativas: podem surgir dificuldades extra com a caligrafia durante os primeiros anos, resultando em baixa auto-estima o que por sua vez pode resultar em perda de entusiasmo pela escola. Os maus hábitos de escrita também podem levar ao desenvolvimento de problemas, à medida que a exigência escolar aumenta. Quando as provas têm o tempo contado, aqueles que escrevem mais devagar são naturalmente penalizados na expressão real dos seus conhecimentos sobre a matéria. Se este é o seu caso, ou se tem algum filho canhoto, há material escolar disponível para que tenha um percurso educacional sem sobressaltos. Felizmente, muitos fabricantes de material escolar já pensaram no assunto, e já é possível obter com facilidade muitos material de boa qualidade para esquerdinos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.