Home>Lifestyle>Ano Novo. E AGORA?
Lifestyle

Ano Novo. E AGORA?

Gabriela Carvalho

O início de um novo ano é sempre tempo de reflexão. Quer queiramos, quer não; uns mais do que outros, mas todos acabamos por aproveitar o inicio do ano para dizer não a alguma coisa, (re)afirmar outras, definir objectivos.

Há quem seja metódico e espere pelo início do ano para dizer “a partir de hoje a minha vida vai mudar porque…” e defina uma série de coisas e escreva e prepare e organize… E siga quase à risca todo o seu plano.

Há-os mais simples, que dizem apenas: acabar isto e começar aquilo… (mesmo quando dizem que não o fazem).

Eu fico num meio termo. Não sou aficionada pelo inicio do ano novo. Não tenho nem sigo rituais. Não penso nem preparo mais que outra festividade.
Mas sim, penso nos ciclos que quero fechar e nos que quero manter. Penso nos objectivos que gostava de alcançar neste novo ano, nada de muito estruturado…

Mas faço uma reflexão sobre o ano que vivi: o que ganhei e o que perdi, o que me permiti viver e o que não consegui viver e porquê… Nem sempre chego a conclusões, mas defino metas gerais para o ano que se inicia.

No entanto, o ano de 2018 foi diferente… Nunca tinha sentido nem vivido uma perda tão próxima. Por isso, este ano foi mesmo um ano de peso e o inicio deste novo ano de 2019 um inicio de reflexão. Interessante que senti o que não é habitual: senti como irá ser o meu ano. Tive uma sensação estranha de que será uma ano de grandes decisões e mudanças (mais, também não vos poderei adiantar).

Veremos o que vos direi no final deste 2019. Não gosto de números ímpares, mas sinto que me será um bom ano.

BOM ANO PARA TODOS! Se mais não for, façam planos para serem felizes…


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.