Home>Cidadania e Sociedade>COMUNICAR COM ASSERTIVIDADE
Cidadania e Sociedade

COMUNICAR COM ASSERTIVIDADE

Moreira da Silva

A comunicação consiste no processo de transferência de ideias, informações, conhecimentos, sentimentos, emoções ou experiências entre pessoas tornando comum o conhecimento. A comunicação é um elemento fundamental da nossa vivência e é através dela que conseguimos aprender e evoluir.

Comunicação não é aquilo que dizemos, mas aquilo que o outro entende daquilo que foi dito, pois o universo de significações é variável em função de fatores individuais, como as aprendizagens, experiências, personalidades, valores, culturas e vivências. Por isso os conflitos são uma constante no processo comunicacional: nós dizemos uma coisa e o nosso interlocutor entende outra. Comunicação é a arte de ser entendido.

Uma das razões pelas quais as pessoas não escutam competentemente é o diferencial entre a capacidade de falar e de pensar: o falante processa no cérebro cerca de 150 palavras num minuto; o cérebro do ouvinte consegue lidar com cerca de 600 palavras num minuto. Consequentemente, o ouvinte ocupa o “espaço livre” do cérebro com outros pensamentos, assim originando distrações que o desviam do que está a ser proferido.
Por tudo isto é que é tão importante a forma como se comunica, como a forma que se escuta. Os estilos existentes na comunicação são os seguintes:

– Agressividade: violação dos direitos dos outros, justificada pelo desejo de dominar o outro; só se tem em conta o nosso próprio interesse; não se tem em conta o interesse dos outros;

– Passividade: este comportamento evidencia ansiedade, reduzindo o impacto da mensagem que está a ser transmitida verbalmente. Não se tem em conta o nosso próprio interesse; só se tem em conta o interesse dos outros;

– Assertividade: este comportamento implica dois tipos de respeito: o respeito por si próprio e o respeito pelos outros. Os comunicadores assertivos fazem valer os seus direitos sem negar os direitos dos outros.
A assertividade na comunicação melhora a capacidade de expressão e a imagem social; fomenta o respeito pelas outras pessoas; evita conflitos e ajuda a resolver confrontos; aumenta a autoconfiança. O estilo de comunicador assertivo gera um ambiente mais apelativo para uma comunicação eficaz, que não envolve necessariamente a concordância entre os interlocutores, mas a transferência, a interpretação e a partilha de significados, isto é a compreensão exata.
Comunicar com assertividade caracteriza-se por respeitar os sentimentos, as necessidades, os desejos e as opiniões dos outros. Um comunicador assertivo afirma o seu eu e a sua autoestima; demonstra segurança; sabe o que quer e o que pretende alcançar; expressa as suas necessidades ou preferências e opiniões de forma direta, sem ser hostil para o interlocutor.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.