Home>Lifestyle>QUANDO ÉRAMOS SUPER MIÚDOS
Lifestyle

QUANDO ÉRAMOS SUPER MIÚDOS

Cidália Pinto

Quando eu era pequena,  na fase da escola primária,  vinha passar quase todos os fins-de-semana à casa dos meus avós maternos.

Na altura residíamos em Gandra,  mas eu frequentava  cá a catequese.
Como tal, muitas vezes os meus tios traziam-me à sexta-feira,  e depois regressava com os meus pais,  quase sempre ao domingo.
Nesses fins-de-semana,  em casa da minha avó,  entre brincadeiras e algumas asneirolas, também ajudava.
Uma das tarefas que nos cabia, era a de ir à lenha,  que seria para a lareira e para o forno.
Hoje, fui com a minha mãe  à lenha, e essas recordações assolaram-me o pensamento.
O meu filho andava de bicicleta, na estradinha em terra batida, que ladeava a zona onde apanhávamos pequenos galhos e troncos mais fininhos.
– “Quando eu era pequena, e vínhamos à lenha, não encontrávamos nada disto. Nem as tonas (cascas) do eucalipto”. Hoje em dia, isto é “lixo”.
Referiu a minha mãe.
É verdade,  as gerações mais tenras não saberão o que é apanhar galhos, nem o que é trazer uma vara de eucalipto ao ombro, e acharmo-nos os miúdos mais fortes do mundo.
Nem o que é o fumo de uma cozinha de lenha, e a porta de um forno “lacrada” com farinha.
O futuro é bom, mas o progresso, talvez não seja tão “progressista”, quanto pensamos.
O passado deixa saudades.

One thought on “QUANDO ÉRAMOS SUPER MIÚDOS

  1. Apanhar pinhas para acender o fogão de lenha ! Apanhar tonas…sim! Fazer carrupios e pinta-los com amoras ! Ai , ai tempo de pés descalços !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.