Home>Lifestyle>O QUE É, REALMENTE, MÚSICA AUDÍVEL?
Lifestyle

O QUE É, REALMENTE, MÚSICA AUDÍVEL?

Gabriela Carvalho

Confesso que percebo pouco ou quase nada de música… Confesso que nunca fui aficionada pelo Festival da Canção… Confesso que não achei grande piada à musica que nos trouxe a vitória…

No entanto, faz-me confusão o que se pode considerar “tolerável” neste tipo de festival… A bem da verdade, se no ano passado ganhou um «toy» porque não pode ganhar um «telemóvel partido». Pode, obviamente que pode… E até aceito as versões que referem que há uma mensagem implícita nestas musicas… haverá! Eu como não percebo de música, não a encontro, mas aceito as versões que a encontram…

Posto isto, deixem que vos diga que uma Simone com a “Desfolhada”; uma Anabela com “Cidade até ser dia”; uma Dulce Pontes com “Lusitana Paixão”; uma Sara Tavares com “Chamar a Música”; uma Rita Guerra com “Deixa-me sonhar” e uma Vânia Fernandes com “Senhora do Mar”, me fazem vibrar bem mais… Ainda hoje me emocionam… Mas isto sou eu, que também gosto do “Conquistador” dos Da Vinci…

Serei antiquada? Talvez…Mas, na minha humilde opinião de quem não percebe de musica e se considera uma leiga a ouvir, penso que tivemos muitas oportunidades de ganhar a Eurovisão, mas perdoem-me porque «partir o telemóvel» não me parece das melhores opções.

O que é efectivamente audível hoje em dia? Fico sempre na dúvida…


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.