Home>Cultura, Literatura e Filosofia>O PASSADO QUE NÃO TEM FUTURO
Cultura, Literatura e Filosofia

O PASSADO QUE NÃO TEM FUTURO

Moreira da Silva

A nossa mente está sempre em funcionamento a produzir e a emitir pensamentos voláteis, que estão em constante mutação e estão na base da maioria das nossas emoções negativas que condicionam o nosso viver, se passarmos o tempo numa atitude avaliativa que nos afasta da realidade e do que é verdadeiramente importante. Apenas o momento presente é real, enquanto o passado já não existe, não podemos regressar a ele, e o futuro é totalmente desconhecido, ainda não existe.
A vida é feita de oportunidades, decisões e momentos que passam por nós a uma velocidade incrível. O tempo é tão inflexível, que nos pode roubar as oportunidades se não estivermos disponíveis mentalmente e se não formos suficientemente rápidos para agarrá-las de imediato, pois nunca sabemos se as oportunidades duram um segundo ou um ano, por isso precisamos de agarrá-las, antes que seja tarde demais.
São tantas as vezes que vivemos em sofrimento atroz, angustiados e sem poder segurar as lágrimas, só porque alimentamos no presente uma dor do passado; alimentamos culpas de situações do passado que já nada podemos fazer para alterar o que se passou. Precisamos de deixar (sem criticas autodestrutivas, sem choros, sem lamentações) o ontem no ontem; deixar o passado no lugar dele que é no passado; deixar para trás o que não nos faz falta e nos focalizarmos no presente, para que a nossa vontade de ser feliz seja alimentada e possa ser maior que o medo de sofrer de novo.
A vida está cheia de surpresas agradáveis e tem tantos momentos imperdíveis e tantas coisas maravilhosas para nos oferecer, para além de existirem muitas pessoas a quererem fazer parte do nosso presente, por isso não devemos deixar que as coisas que nos sufocam, que as coisas más do nosso passado atrapalhem a nossa felicidade. Não deixemos que o passado que não tem futuro atrapalhe o presente e retire o prazer e a alegria de viver em paz e saborear o momento que passa.
Em cada curva da vida há um desafio novo que não se repete, por isso precisamos de estar bem atentos e de mente aberta, para que possamos agarrar com sabedoria e serenidade o momento que passa e vivenciar até à exaustão, com alguma fantasia e muita imaginação, esse instante que passa a voar. É importante para a nossa harmonia e saúde aprender a prestar atenção a cada momento que a vida nos oferece, para que possa ser vivido na plenitude.
Se deixarmos os pensamentos seguirem o seu caminho, sem qualquer tipo de julgamento ou avaliação e se ficarmos focados e dermos toda a atenção ao momento presente e valorizarmos as coisas boas que com que a vida nos presenteia, quase sem nos apercebermos os pensamentos negativos acabarão por desaparecer. É assim que podemos viver mais felizes.
Nós nascemos para ser feliz e não nos podemos esquecer que o valor maior da nossa existência é a felicidade, embora a felicidade permanente seja uma falácia, não existe. A felicidade é um conjunto de momentos felizes. Quantos mais momentos felizes tivermos mais felizes seremos, por isso é que é preciso aprender a viver o momento presente deixando fluir o que não se pode mudar. A felicidade é um caminho que escolhemos seguir e as pessoas que escolhemos para nos acompanhar.

As pessoas mais felizes recordam o seu passado com gratidão; alegram-se com o seu presente e olham para o futuro sem qualquer ansiedade ou medo. O futuro é construído a cada instante da vida, com as nossas escolhas e decisões do momento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.