Cultura, Literatura e Filosofia

O HOTEL DAS MINHOCAS

(a aventura da vermicompostagem contada em verso)

Anabela Borges

Em 2016, a Escola Básica de Toutosa apresentava à comunidade um projeto Eco-Escolas de vermicompostagem. Trata-se de um projeto que compreende áreas de confluência de trabalho interdisciplinar e de articulação curricular e multicultural, ao englobar as ciências, a escrita, a ilustração e a leitura.

O projecto nasceu da ideia da professora de Ciências, Clara Nadais, de criar um observatório de vermicompostagem, para que os alunos pudessem observar, examinar e experimentar, em “laboratório vivo”, essa tão importante acção ambiental.

Depois de criada a grande caixa de vermicompostagem, a que, carinhosamente, chamámos “casa das minhocas”, foi altura de estudar toda a sua estrutura, por camadas, e todo o processo de trabalho efectuado pelas minhocas. Daí nasceu a ideia de se escrever, numa história para crianças, essa grande aventura ambiental. Foi então que nasceu a história “O Hotel da Minhocas” (a aventura da vermicompostagem contada em verso), da autoria da professora de Português e escritora Anabela Borges.

No dia da apresentação à comunidade, durante o evento “Toutosa Cultural”, o projeto foi apresentado aos alunos, desde o Pré-escolar ao 3.º Ciclo, acrescentando à sua transversalidade um momento de ilustração in loco, da responsabilidade do professor de Educação Visual e artista António Santos, Santiagu.

A comunidade educativa acolheu de braços abertos o projeto: professores e alunos puderam ouvir contar a história, enquanto, em directo, os momentos narrados eram ilustrados; e no final, puderam observar de perto as minhocas e alimentá-las, com grande entusiasmo!

No ano lectivo de 2018/2019, graças a uma candidatura da responsabilidade da coordenadora de estabelecimento, professora Fátima Couto, o projeto ambiental viu atribuído o selo “Escola Amiga da Criança”, que “distingue as escolas que estabelecem e concretizam ideias para promover o desenvolvimento mais feliz dos alunos no espaço escolar”. A distinção é uma iniciativa da CONFAP e da Leya Educação, com o alto patrocínio de Sua Excelência, o Presidente da República.

Actualmente, a professora mentora do projeto Clara Nadais e cuidadora do hotel das minhocas passou o testemunho à professora Paula Lemos, que tem sido um elo fundamental para que o projecto ganhe vida e não fique na gaveta. Semanalmente, um grupo de alunos cuida do “hotel das minhocas”, para que se mantenha saudável e ativo.

E não pode haver maior satisfação do que ver o projecto abraçado pela autarquia, com a publicação da história em livro.

Um projecto amigo do ambiente, para que o ambiente seja nosso amigo!

O livro será apresentado no Festival Literário de Marco de Canaveses (FLIM), a 31 de Maio, sexta-feira, pelas 10:30h.

A escola e a comunidade Marcoense estão de parabéns!


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.